Resenha #181 - Mamãe Walsh!



Ficha Técnica
Título: Mamãe Walsh
Subtítulo: Pequeno Dicionário da Família Walsh
Autor: Marian Keyes
Editora: Bertrand Brasil
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 160 páginas
ISBN:978-85-2861-758-0
 Sinopse
Cheio de humor, cheio de lágrimas, cheio de emoção e de vida. Depois de histórias que envolviam suas cinco filhas – Claire, Margaret, Rachel, Anna e Helen –, faltava um livro que trouxesse as palavras da matriarca de uma das famílias mais divertidas da literatura. Em Mamãe Walsh - Pequeno Dicionário da Família Walsh, Marian Keyes apresenta mais um exemplo que explica porque ela se tornou a maior escritora de chick-lit do planeta. A obra traz uma compilação de expressões que fazem o leitor compreender ainda melhor essa inusitada família. Em cada uma delas, a chefe do clã narra acontecimentos que ilustram o tema, como “H de Homens de verdade”, em que ela conta as aventuras com grandes exemplares do sexo masculino; ou “C de Cozinha”, com histórias sobre o dom culinário dos Walsh. Mamãe Walsh produzirá no leitor lembranças de cada um dos títulos anteriores de Marian, de Melancia a Chá de sumiço, causando identificação instantânea: quem nunca passou por situações loucas na vida? Um livro que convida todos a se divertirem mais uma vez com esses incríveis personagens. São páginas repletas de humor e sagacidade, como somente Marian Keyes é capaz de escrever.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************


Um livro maravilhoso! Se você gostou dos personagens dos livros: FériasLos AngelesChá de SumiçoMelancia entre outros que foram escritos por Marian Keyes, prepare-se para morrer de amores por este. Nos livros citados Keyes contava a historia da vida de irmãs, agora quem conta a historia é a matriarca da família Walsh.

Com historias muito engraçadas ela achou melhor separá-las em ordem alfabéticas de A a Z. Ela conta historia sobre suas amadas filhas e o trabalho que elas deram quando criança. Uma das histórias mais engraçadas pra mim foi a da letra C. Cada letra é assemelhada a uma palavra que interligue a um elemento da história. No C, vemos ela contar um pequeno ocorrido sobre calcinhas pequenas; a letra D, também muito engraçada, temos a depressão, que segundo ela, não existe, é apenas uma frescura das pessoas. Mas nenhuma se aproxima da minha favorita:  Dona Sukita, e sim, sukita refere-se a marca de refrigerante. Só posso adiantar que é cômico.

Keyes elabora enredos com personagens envolventes, e tramas fabulosos, tendo diálogos fascinantes. Ela é uma escritora genial. Esse livro em particular é repleto de frases incríveis e cheias de humor, sendo uma leitura deliciosa.

Esse livro como todos os outros de Marian Keyes que li é muito bom;  historia leve e engraçada que irão divertir todos vocês. Vou dar 4 estrelas pelas coisa hilárias que a Mamãe Walsh fala.




Graduou-se em Direito na Universidade de Dublin, sem, contudo, jamais ter exercido a profissão. Morou em Londres por muitos anos, trabalhando ora como garçonete ora em escritórios. Neste mesmo período começou sua luta contra o vício do alcoolismo e, inclusive, uma tentativa de suicídio. Depois de vencida a batalha, alcançou o sucesso como escritora. Autora de vários best sellers do gênero Chick Lit.









Um comentário

  1. tudo que tem o titulo MAE me chama atenção. Se bem que estou meio longe para ler :/

    um abraço apertado do blog: Mundo da Fani

    ResponderExcluir

Expresse-se