Coluna: Anime da Semana!





Com fim de mais uma temporada, tem indicação fresquinha para os leitores. Que tal misturar um anime que fala de comédia, fanservice e doce? Haha, então sua pedida certa é Dagashi Kashi, uma adaptação cômica que trata sobre a origem das balas e chocolates que tanto amamos.

O mangá foi escrito pelo japonês Kotoyama. Desde então, ele tem sido seriado pela revista Shonen Sunday. Sua primeira publicação aconteceu em junho de 2014, tendo sido lançados três volumes até o momento. A adaptação sob o título de Dagashi Kashi: Mo Hitotsu no Natsu Yasumi, foi escrito e ilustrado por Manta Aisora, tendo começado a ser exibido em 7 de Janeiro de 2016. O nome, "Dagashi Kashi" significa "doces baratos", mas se ler "Daga Shikashi", podendo significar também “no entanto” (título que fica um tanto sem sentido quando puxado para o central realmente da trama).

Em total, a trama conta a história de Kokonotsu Shikada e seu pai Yo, que vivem em uma cidade do interior onde eles trabalham uma pequena loja de doces da família. Mas Kokonotsu não quer assumir os negócios de seu pai. Ele aspira a ser um artista de mangá, uma ambição que o coloca em conflito com o pai que quer que ele herde a loja que tem sido gerido pela família durante oito gerações. As coisas não facilitam para Kokonotsu após a chegada de Hotaru, uma menina excêntrico que é muito apaixonado por doces e lanches. O pai dela é dono de uma empresa de lanches famosa e ela veio para a loja Shikada justamente para recrutar YoKokonotsu.  Como Yo não vai sair enquanto Kokonotsu o sucedê-lo como vendedor na loja da família, um acordo com ele é feito. Para isto, Hotaru vai convencer Kokonotsu a assumir a loja em troca Yo ir trabalhar na fábrica de seu pai. A partir de então, ela tenta convencer Kokonotsu usando muitas maneiras diferentes, tais como jogos, histórias e enigmas.

A trama não parece das mais atrativa, mas o anime tem seus momentos. Apesar de não ter sido um dos mais engraçados que acompanhei, de fato foi um bom passatempo. Com apenas 12 episódios em uma temporada, é um anime curto, bom pra quem não quer algo muito pesado ou longo. Além disso, seus personagens são bem construídos, embora se mostrem um tanto quanto malucos. Em especial, as meninas, que são sempre remetidas a cenas de fanservice (cenas que envolvem piadas sujas, ou gestos sugestivos). Para uma criança, as piadas podem atuar meio adultas e forçadas, e talvez, este tenha sido o lado mais negativo do anime. Embora tenha gostado de episódios em particular (por exemplo, o 8), que tratam de um lado mais sentimental da trama, Dagashi Kashi não foi tudo que eu esperava em relação a comédia. Como disse, devido a tanto fanservice, as piadas ficaram forçadas e as que não são forçadas, ficam sem graça. Mas em totalidade, o intuito em Dagashi Kashi é satirizar o vício por doce da humanidade, trazendo até um apurado histórico interessante, transmitindo ao telespectador o surgimento de alguns doces, por nós, conhecidos, embora não sejam tão culturalmente famosos. Vale ressaltar que os doces que são centralizados na trama e explorados, remetem a cultura do universo criado pelo anime, que de acordo com o conhecimento pessoal de seus telespectadores, pode levá-lo a remeter a alguma comida por nós apreciada.

Em resumo, posso definir Dagashi Kashi como um bom passatempo e nada mais que isso. Curto, para um fim de semana de tédio, é uma excelente pedida.

Confira algumas imagens:












Um comentário

  1. eu sou louca por anime, gostei muito da premissa desse ^^
    pow essa nova temporada trouxe muita coisa legal, to me matando de tanto assistir.
    vou por esse na lista, valeu!

    ResponderExcluir

Expresse-se