Cinema #138 - O Menino e o Mundo!





Título: O Menino e o Mundo
Gênero: Ação
Direção: Alê Abreu
Elenco: Emicida, Lu Horta, Marco Aurélio Campos, Melissa Garcia, Naná Vasconcelos, Vinicius Garcia
Roteiro: Alê Abreu
Produção: Tita Tessler
Duração: 85 min.
EstúdioFilme de Papel
 Sinopse
Cuca é um menino que vive em um mundo distante, numa pequena aldeia no interior de seu mítico país. Sofrendo com a falta do pai, que parte em busca de trabalho na desconhecida capital, sofre semanas de angústia e lembranças confusas. Até que, numa determinada noite, uma lufada de vento arromba a janela do quarto e carrega o menino para um lugar distante e mágico, um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres. Uma inusitada animação, que retrata as questões do mundo moderno através do olhar de uma criança.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************





Encantador, reflexivo e muito singelo, "O Menino e o Mundo" é um filme especialmente feito para adultos. E embora a primeira vista pareça um longa infantil, são as temáticas e a profundidade da trama que tornam o debate tão filosófico e profundo.

Cuca é um menino curioso que vive em um mundo totalmente distante, em uma pequena aldeia de um interior fictício. Em busca de melhorar a situação de sua família, seu pai, parte para longe, rumo a cidade grande, e Cuca, sentindo sua ausências, vive apenas das lembranças de momentos felizes que viveram e de tudo que aprendeu com ele. Mas em uma bela noite, uma ventania abre sua janela e carrega o garoto para um mundo novo, repleto de maquinas assustadoras e pessoas esquisitas; um mundo repleto de descobertas.

 


Cuca guia o telespectador por uma emocionante jornada pela sociedade moderna, traduzindo tudo sob a ótica inocente de uma criança, tão verdadeira e sonhadora. Dirigido por Alê Abreu, a animação nacional concorreu ao Oscar ao lado de filmes e produtoras de peso (Divertidamente da Pixa), e não foi menos merecedora. Com uma história muito profunda e um debate importante, a direção conquista o telespectador, seja pela forma sutil como tudo é retratado, seja pelo traço, totalmente feito a lápis, que só garante ao longa um total diferencial atrativo, transformando seu enredo em algo tão maduro e pensativo. Uma coisa é certa: "O Menino e o Mundo" não é um filme para crianças. Tratando de temáticas como: pobreza, desmatamento, produção tecnológica, desemprego, censura e outros grandes destaques sociais, o filme trás sempre um tom negro e branco, contrastando suas cenas entre cenários coloridos para em branco puro. Além disso, vemos uma exaltação também as cores do patrimônio brasileiro, valorizando não só festividade como o Carnaval, como também a flora e a fauna da Amazonas (tudo bem marcado por cores quentes como vermelho, amarelo e laranja).

 
 
 
 

Apostando que o menos é mais, a trama que foi as telonas conquista seus telespectadores pela profundidade com que extrai e trata os assuntos elencados, causando justamente o oposto do efeito que as grandes produções hollywoodianas tem gerado. É uma crítica social incrível e uma história encantadora, relatando a dura vivência do povo brasileiro e das famílias.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se