Cinema #136 - Como Eu Era Antes de Você!





Título: Como Eu Era Antes de Você
Gênero: Drama
Direção: Thea Sharrock
Elenco: Ben Lloyd-Hughes, Brendan Coyle, Charles Dance, Emilia Clarke, Janet McTeer, Jenna Coleman, Matthew Lewis, Sam Claflin, Stephen Peacocke, Vanessa Kirby
Roteiro: Jojo Moyes
Produção: Alison Owen
Duração: 110 min.
EstúdioWarner Bros.
 Sinopse
Will é um garoto rico e bem-sucedido que sofre um acidente e fica preso a uma cadeira de rodas. Depressivo, ele contrata Louisa Clark para cuidar dele, uma menina do campo que pode mudar suas perspectivas.



**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



Engraçado e muito tocante, "Como Eu Era Antes de Você" é uma história de amor doce e ao mesmo tempo salgada, mediando em seus 110 min de duração entre drama e comédia romântica, uma mistura, que não mãos de Thea Sharrock, e com o roteiro de Jojo Moyes (autora da obra original) deu muito certo.

Will (Sam Claflin) é o cara rico e bonito que toda garota adoraria chamar de seu. Desde cedo, sempre foi aventureiro, gostou de curtir a vida e de aproveitar cada segundo conhecendo diversos lugares. Ele, infelizmente, só não esperava ter que ficar estacionado em um lugar e no tempo após sofrer um inesperado acidente e se tornar tetraplégico. Ranzinza e sem muita paciência para todos a sua volta, o rapaz se isola do mundo, trancando-se em sua casa e recebendo como visita apenas seus pais, um fisioterapeuta e mais recentemente a jovem Louisa Clark (Emilia Clark), sua acompanhante e cuidadora. A única coisa que Will nunca esperou é que fosse começar a ser contagiado pelo jeito bagunçado, diferente e engraçado da nova empregada. Louisa (ou Lou como gosta de ser chamada) quer ajudá-lo a encontrar a felicidade novamente, mostrando que o mundo, mesmo sobre uma cadeira de rodas, pode ser bonito; pode restar esperanças e motivos para se continuar a viver.

 
 

Podemos começar essa crítica ressaltando a beleza de todas as cenas. "Como Eu Era Antes de Você" me encantou de primeira mão pela qualidade da imagem, pelas paisagens simples e lindas, e ainda mais pelo verde, completamente diferenciado dos cenários das grandes cidades (que são lindos, claros, mas não tanto). O longa em poucos tempo consegue cumprir com seu prometido e agrada muito, não só pelo humor guardado nas mais inesperadas cenas, como nos momentos mais densos e tristes. Confesso que fui surpreendido totalmente (e é essa não é a primeira vez no ano que um filme que não estava na minha lista de indicados a assistir faz isso). Apesar de ser previsível desde o primeiro instante que teremos um envolvimento entre os personagens, a história não se torna caótica ou repetitiva, pelo contrário, em determinado momento ela se volta muito mais para a protagonista Lou, elencando as transformações que sua vida vai sofrendo e o quanto a personagem vai mudando, tornando tudo ainda mais lindo.


Confesso que não poderia pedir melhor dupla para interpretar o casal. Já conhecia, claro, o trabalho de Sam Claflin (nosso Finnick na franquia Jogos Vorazes) e só posso dizer que ele continua a me enganar e conquistar. Bem mal-humorado, faz com que o telespectador ganhe apreço e ao mesmo tempo repulsa por seu personagem, divergindo nossa opinião durante todo o longa.

 
 

O mesmo posso dizer quanto a RAINHA E LADRA DE CENA, Emilia Clark. Que atriz maravilhosa *-* Que jeitinho especial de lidar com todos os enlaces da trama. Se houve uma atriz que me convenceu em seu personagem, essa atriz foi ela. Brilhante e com um toque todo feminino e pessoal, sua personagem cativa o telespectador na primeira troca de olhares. Ela não só foi genial, como esteve esplêndida e bela por todo o longa. Valeria assistir só pela interpretação magnifica de Clark. Além disso o timming entre ela e Claflin foi muito forte. O romance realmente me convenceu. O mesmo, infelizmente não posso dizer de Matthew Lewis (nosso Neville Longbottom na franquia Harry Potter) que não tem lá grande destaque, tanto na interpretação, quando em seu personagem, se tornando só mais um rostinho na multidão.

Embora o drama não tenha me feito chorar e nem tenha sido tão forte como outros que já assistir (como A Culpa é das Estrelas), adorei cada instante e não só senti a perda, como também me diverti ao lado de Will e Lou, entre enlaces e farpas. Apesar da direção de Thea Sharrock se fechar ainda sobre esteriótipos adolescentes (mocinha frágil e meiga que se apaixona pelo rapaz rude e rico), "Como Eu Era Antes de Você" ainda é uma pedida emotiva e melodramática para se conferir. Com uma trilha sonora linda e muito bem aplicada, o filme, como mencionei, vale a pena ser conferido tanto pela atriz, quanto pelas musicas, simplesmente impecáveis (Tem Ed Sheeran gente *-*).


2 comentários

  1. Olá David,

    Sua resenha descreveu perfeitamente meu sentimento em relação ao filme!:)

    E por incrível que pareça, ao meu vê, o filme foi fiel ao livro, achei até que foi mais leve, tipo: eu acho a mãe de Will no livro uma megera, mas no filme ela estava até um pouco doce...

    Enfim... Amei o filme! E a trilha sonora então nem se fala!!!

    um abração :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hello!
      Eu não li o livro, por isso nem toquei no assunto. Mas gostei muito do filme, embora não tenha despertado meu interesse pela obra devido a achar o Will meio mesquinho no final. Mas que bom que gostou. A trilha sonora e atriz são os melhores <3

      Abraços

      Excluir

Expresse-se