Coluna: Anime da Semana!




Chegou o momento gostoso da semana, chegou o momento de indicar anime, e hoje, mais uma das apostas da temporada passada. Se você gostou de "Magi: The Labyrinth Of Magic", então você vai simplesmente amar "Magi: Sinbad no Bouken".



Pois é galera, Magi foi um dos animes que cativou um público muito rapidamente. Um dos principais pontos é por ter personagens secundários tão verdadeiros e inesquecíveis. Essa razão levou não só o autor da série de mangas, Shinobu Ohtaka, a querer explorar esses personagem, em especial um que merecia destaque, Sinbad, o grande rei de Sindria. Dessa forma, nasceu esse spin-of conhecido como "Sinbad no Bouken", que começou a ser publicado no final de 2014, mas teve sua primeira adaptação para anime este ano, durante a temporada de verão. O primeiro arco do anime foi compilado em 13 episódios que valem muita a pena conferir, não só pela diversão, como pelas cenas de ação que são realmente instigantes.

Nesse prequel, iremos acompanhar as origens do Sinbad, anos antes de se tornar o Rei do Sindria. Originalmente vivendo no Império Parthevia com seu pai Badr, um veterano de guerra e sua mãe Esra, Sinbad perde seu pai devido à guerra contra o Império Reim, e passa sua juventude ajudando os moradores locais e cuidando de sua mãe doente até que ele conhece e abriga o misterioso Yunan, sem saber que ele é um Magi. Por pedido de sua mãe e aprendizagem de sua determinação de mudar o mundo para melhor, Yunan decide guiar Sinbad e o instrui a desafiar o Calabouço "Baal" que apareceu na fronteira entre Partevia e Reim, e cujos tesouros ainda não foram reclamados pelos milhares de guerreiros de ambos os impérios que tinham sido desafiados. Mas nenhum deles sobreviveu. Agora, nessa empreitada, Sinbad precisa não só enfrentar os perigos desse calabouço, como também sobreviver as investidas do nobre Parthevian a quem ele apelidado de "Drakon". Depois de derrotar Drakon na batalha, Sinbad conquista o calabouço e ganha a lealdade do Djinn que reside lá. Logo após isso, o garoto retorna para casa a tempo de ter um último encontro com sua mãe em seu leito de morte, e após perdê-la, ele deixa Parthevia para começar sua própria jornada em busca de mudar o mundo e fundar seu próprio pais, tornando-se um rei mais justo e bondoso.

Eu pessoalmente gostei do anime. Apesar de não ser tão viciante quanto "Magi", para uma primeira temporada, a trama se mostrou promissora e Sinbad um personagem realmente curioso. É complexo não só o destaque que o autor deu para as batalhas de vida do personagem, como também todo um jogo de poder que parece conspirar para o futuro grave que virá atingir o universo desse mundo. Tratando de uma mitologia árabe, apresentando gênios, maldições e feitiços, o anime é uma dose bem dividida de ação e comédia, podendo sim te ganhar nesses pequenos treze episódios. Mas recomendo que a pessoa que for se aventurar em "Sinbad no Bouken", encare "Magi" antes, não só para entender as referências, como também para conhecer mais do futuro do protagonista.

Confira algumas imagens:












E ai, gostou da indicação?

2 comentários

  1. Oi David!

    Comecei a primeira temporada faz pouco tempo, estou vendo pelo Netflix, mas já estou amando o anime e os personagens! Espero chegar na segunda temporada em breve!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, David!
    Eu não sou muito de animes, mas às vezes anoto alguns para dar uma conferida. Esse aqui foi anotado.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Expresse-se