Cinema #142 - Animais Fantásticos e Onde Habitam!





Título: Animais Fantásticos e Onde Habitam
Gênero: Aventura
Direção: David Yates
Elenco: Alison Sudol, Carmen Ejogo, Christine Marzano, Colin Farrell, Dan Fogler, Eddie Redmayne, Ezra Miller, Fanny Carbonnel, Gemma Chan, Jason Newell, Jason Redshaw, Jenn Murray, Joe Malone, Jon Voight, Katherine Waterston, Lasco Atkins, Lobna Futers, Lucie Pohl, Peter Breitmayer, Ron Perlman
Roteiro: J.K Rowling
Produção: David Heyman, J.K. Rowling, Lionel Wigram, Neil Blair, Steve Kloves
Duração: 133 min.
Estúdio: Warner Bros
 Sinopse
O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York com sua maleta, um objeto mágico onde ele carrega uma coleção de fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam saindo da sua maleta.


**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



'Animais Fantásticos e Onde Habitam' é um filme profundamente lindo, dando continuidade a um mundo tão místico e encantador que complementou minha infância. Reviver esse cenário de pura magia é algo que não esperei que iria me afetar tanto. No momento, estou in love e só posso assegurar que: vá assistir! Comprove a magia e envolva-se com novos protagonistas marcantes e emocionantes.

Newt Scamander (Eddie Redmayne) acaba de desembarcar em Nova York. Ele tem uma missão importante para realizar no país, por isso, carrega consigo uma mala totalmente especial: cheia de animais fantásticos. O que ele não esperava é que algumas dessas criaturas escapassem durante um ocorrido inesperado. E o momento não poderia ser menos inoportuno. A cidade está sendo assolada por ataques misterioso, e o ministério da magia teme pela segurança dos bruxos enquanto os não-majis preparam-se para uma guerra.

Divertido, dramático e muito bonito, a nova aposta da autora J.K Rowling com certeza é um tiro certeiro no coração dos fãs que sempre ansiavam por mais. 'Animais Fantásticos e Onde Habitam' é um prequel deliciosamente nostálgico e mágico, revivendo toda a emoção de estar dentro de uma sala de cinema esperando mais sobre um dos mundos mais encantadores que conheci. O roteiro do longa consegue explorar todos os personagens, sem deixar qualquer um passar como inválido ou superficial. Tudo bem apresentado, estruturado e criado. Os efeitos visuais são se não incríveis.


Eddie Redmayne conseguiu com certeza me conquistar com sua interpretação. Embora sejam poucas suas participações em diálogos, devido a seu personagem ser muito reprimido e quieto, consegui me apegar a ele pela maneira como age, como se porta. Não tem como não sentir na pele o amor profundo que o protagonista demonstrar ter para com os animais.



Pra mim a cena com certeza é roubada por Queenie (A Fine Frenzy) que em todas as cenas que participou não foi menos que espetacular. Engraçada, linda e muito bem inserida na trama, sua personagem consegue ser forte, gentil e singela com a maior naturalidade. Seu envolvimento com todos os personagens (e em particular com o não-maji Jacob (Dan Fogler)) é perfeito, sem deixar brechas.


Gostei muito também dos personagens interpretados por Ezra Miller e do antagonista vivenciado por Colin Farrell. Foram autênticos, dramáticos e muito cativantes, apesar de sua presença na trama passar bem despercebida boa parte do desenvolvimento.

Um ponto negativo encontrado talvez seja a falta de explicação em alguns aspectos que o longa trás. Como se trata de um filme do universo de 'Harry Potter', o roteiro não perde tempo explicando conceitos ou termos, partindo para o desenvolvimento da história. Esse fato, pode levar as pessoas que não assistiram a primeira franquia do bruxo a ficarem confusos. Claramente que raramente uma pessoa que não teve interesse em vê os outros filmes de 'Harry Potter', dificilmente terá nesse. Eu particularmente, consegui sim distinguir uma saga da outra (até porque Harry Potter foi bom enquanto durou) e simplesmente sai encantado do cinema.

Recomento que todos vejam. Se não pelos personagens impactantes e uma aventura muito instigante, pelas criaturas mágicas marcantes, fofas e extremamente incríveis (ainda quero um Pelúcio T.T).




Nenhum comentário

Postar um comentário

Expresse-se