02 junho 2017

Resenha #137 - Inesquecível (Unremembered Vol 1)!




Título: Inesquecível
Coleção: Unremembered Vol 1
Autora: Jessica Brody
Editora: Rocco 
Ano: 2017
Especificações: Brochura |336 páginas
ISBN13:  9788579803000
 Sinopse
Após um acidente aéreo, uma garota é encontrada ilesa e sem memória em meio aos destroços em pleno oceano Pacífico. Ela não estava na lista de passageiros da aeronave e seu DNA e suas impressões digitais não são reconhecidos em nenhum lugar do mundo. Sua única esperança é um garoto estranho e sedutor que afirma conhecê-la. E que eles eram apaixonados um pelo outro. Mas será que ela pode confiar nele para recuperar seu passado e descobrir quem ela realmente é?
Inesquecível é o primeiro volume de uma trilogia romântica com tintas sci-fi.
A autora, Jessica Brody, que tem outros livros publicados no Brasil, como A Amante Infiel e Karma Club, constrói uma história de amor apaixonante e repleta de elementos de ficção científica e de suspense.
Cortesia Grupo Editorial Rocco

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



Quando vi a capa do livro 'Inesquecível' foi amor a primeira vista, pois achei-a linda e misteriosa, pontos que contaram fortemente para minha escolha. Sem dúvidas a Editora Rocco está de parabéns. Mas a trama, infelizmente não funcionou tão bem.

Um grave acidente de avião mata todos os passageiros e apenas uma adolescente sobrevive quase sem ferimentos, tendo como único problema não se lembrar de nada. Nem nome, idade, o que é uma TV, queijo, pão, entre outras coisas da Terra.

Violet (nome dado por uma das enfermeiras que cuida dela) nada sabe sobre sua vida e ninguém aparece informando que a conhece, mesmo sua cara aparecendo sempre estampada nos noticiários. Por esse motivo a menina é enviada para uma pequena cidade onde irá morar com uma família provisória. Heather, Scott e seu filho Cody, tem esperança que Violet vai recuperar a memória, mas a mesma não pensa desta forma, pois para ela sua memória está morta e não perdida. E isso não a incomoda. Ela aceita. Ou pelo menos gostaria de aceitar até que um menino chamado Zen aparece dizendo que a conhece e que é sua alma gêmea, No inicio ela não acredita no ele fala, mas sua vontade de descobrir quem é fala mais alto e ela acaba embarcando em uma grande aventura em busca do seu eu perdido.

Jessica Brody apresenta uma historia com mistérios que nos prendem em uma trama envolvente. Não posso entrar em muitos detalhes para não acabar com as surpresas, mas foi realmente angustiante buscar respostas ao lado de uma personagem tão cativante, logo nas primeiras páginas. Temos personagens maravilhosos (Cody) e uns nem tanto (esse pode ser Zen), e cada personagem tem sua função, de forma que a autora pesou muito bem a participação de todos, estabelecendo uma ótima ligação entre eles. 

O ponto que mais me desagradou foi sem dúvidas as descrições exageras da autora. Devido a personagem esquecer de tudo, no sentido literal, a todo instante as coisas são explicadas no mínimo detalhe possivel, seja uma fatia de pão, ou a marca colada na caixa de um produto. Isso torna a leitura enfadonha e mais lenta, de maneira que pela repetição, torna-se chato. E eu entendo que a protagonista ver aquilo pela primeira vez, e isso serve como um recurso para reforçar a experiência do leitor, mas achei desnecessário acontecer a todo instante. Boa parte da história perdeu pontos comigo justamente por isso. O que era envolvente se tornava chato.

Apesar de não ter gostado de Zen, achei o enlace do casal interessante, e pra mim, a química convenceu, de forma que a  relação amorosa deles é bem rápida e fofa. A autora soube escrever muito bem, contou o que precisava para um primeiro livro e nos deixou com curiosidade e ansiosos para ler a continuação. Embora eu espere que essas descrições tenham finalmente acabado.

A historia é boa, mas vou ser sincera esperava que ela fosse uma coisas mais diferente, chocante. Foi uma leitura legal, mas não passou disso e por conta disso vou classificar com 3 estrelas.




Jessica Brody sabia desde cedo que queria ser uma escritora. Ela começou eu "publicar" seus próprios livros quando ela tinha sete anos, juntando as páginas com papelão, colando as amostras de papel de parede e fita isolante.
Após se graduar no Smith College em 2001, onde se formou duplamente em Economia e Francês e um pouco em japonês, Jessica mais tarde passou a trabalhar para MGM Studios como Gerente de Aquisições e Desenvolvimento de Negócios. Em maio de 2005, Jessica deixou o emprego para seguir seu sonho de se tornar um autor publicado.
Em apenas quatro anos, Jessica já vendeu cinco romances (dois romances para adultos pela St. Martin's Press e três romances para jovens adultos Farrar, Straus, Giroux.) The Fidelity Files, sua estréia, lançado em lojas em junho de 2008, o follow-up, Love Under Cover, Novembro de 2009 e o The Karma Club, a estréia de Jessica em romance para jovens adultos lançado em abril de 2010 com a sua continuação em junho de 2011, My Life Undecided.
Jessica recentemente vendeu mais cinco títulos para jovens adultos a sua editora, Macmillan Children's Publishing Group. 52 Reasons to Hate My Father (que foi recentemente escolhido para virar filme) que será lançado na Primavera de 2012 e Unremembered (também escolhido para virar filme), o primeiro livro de uma nova série sci-fi, será lançado no outono de 2012.
Seus livros são publicados em mais de dez países estrangeiros, incluindo o Reino Unido, França, Alemanha, Itália, República Checa, Rússia, Brasil, China, Portugal, Israel e Taiwan.
Jessica agora trabalha em tempo integral como uma escritora e produtora. Ela atualmente divide seu tempo entre Los Angeles e Colorado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse-se