Resenha #244 - Chá de Sumiço (As Irmãs Walsh Vol 5)!




Título: Chá de Sumiço
Coleção: As Irmãs Walsh Vol 5
AutoraMarian Keyes
Editora: Bertrand Brasil
Ano2013
Especificações: Brochura | 644 páginas
ISBN: 13: 9788528618389
 Sinopse
Helen Walsh não vive um bom momento. O trabalho como detetive particular não vai bem, o apartamento foi tomado por falta de pagamento e um ex- namorado surge com uma proposta de trabalho: encontrar o desaparecido músico da Laddz, a boy band do momento. Precisando do dinheiro, ela se vê forçada a aceitar, o que causa uma confusão em sua cabeça ao conviver com o ex e precisar acalmar o atual namorado. Ao tentar seguir suas próprias regras, Helen será arrastada para o mundo complexo, perigoso e glamoroso do showbiz, percebendo que seu pior inimigo ainda está por surgir. Irresistível, comovente e muito engraçado, Chá de sumiço é diferente de todos os romances do gênero, e a protagonista – corajosa, vulnerável e dona de uma língua afiadíssima – é a heroína perfeita para os novos tempos.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************


Helen, uma das irmãs Walsh, irá investigar o desaparecimento de um dos integrantes de uma boyband famosa. O que ela não esperava é que quem esta solicitando seus serviços é um ex namorado que ela não tem uma boa relação. Infelizmente, necessitando do dinheiro, aceita o caso. Mas esse contato pode mudar realidades e talvez debochar novos sentimentos.

Chá de Sumiço” é um livro bem diferente do que eu esperava e apresenta uma trama engraçada e ao mesmo tempo consistente que me prendeu desde a primeira página. Envolvendo investigação, romance, traição, depressão, e muito mais,  tudo misturado de forma bem inusitada, Marian Keyes consegue levantar uma trama extremamente conduzida por uma protagonista levemente desregulada.  Intercalado por uma narrativa bem detalhada (as vezes é chata, mas nada muito grave a ponto de não conseguir relevar) e comentários hilários, Keyes estrutura muito bem, assim como em outras de suas obras, com sua escrita única. 

Helen é uma protagonista totalmente inusitada, bem diferente de todas que já conheci nestes anos de leituras. Ela tem uma pitada de loucura, mesclada com graça e chatice (mas não de uma maneira ruim). Sendo a excêntrica que é, possui uma personalidade forte e única. E eu me diverti cada instante com suas tiradas inusitadas. Sua interação com a trama tornava tudo ainda mais inesperado. O seu lado humanizado, transmitindo seus medos, desejos, e nos descrevendo seus sentimentos detalhadamente. A autora trabalha muito bem todos os altos e baixos de alguém que convive diariamente na balança entre a felicidade absoluta a tristeza sufocante. Passando por momentos pesados de depressão, Helen toca o leitor com suas palavras sinceras e cruas.

Confesso que no inicio a leitura oi bem cansativa, fluindo mais lentamente (a ressaca literária que estava passando no momento talvez tenha ajudado também), mas do meio da história em diante, consegui me envolver com os acontecimentos e comecei a gostar bem mais da trama. Não escondo de ninguém que me apaixonei por Helen, após compreender melhor seus pensamentos e atitudes.

Dessa forma, a classificação será nada mais do que quatro estrelas, parabenizando Marian Keyes por nos presentar com um livro que fala tão bem sobre um assunto, até meio tabu, ainda hoje, que é a depressão, e nos mostrando que a mesma é uma doença e as pessoas precisão ser ouvidas. Ela dá voz e comprova o quão instável é o dia a dia de alguém depressivo. E esse foi o elemento que mais gostei. O romance, passa tão superficial, que nem chega a ser ruim ou bom. O foco é totalmente outro. Pra mim, foi muito proveitoso saber como as pessoas se sentem quando estão em seus momentos de “crise”; sentir um pouco na pele de quão dolorosa deve ser essa sensação. Por isso, leiam, vale cada minuto que puder investir.


Marian Keyes é uma escritora irlandesa. Graduou-se em Direito na Dublin University, sem, contudo, jamais ter exercido a profissão. Morou em Londres por muitos anos, trabalhando ora como garçonete ora em escritórios. Neste mesmo período começou sua luta contra o vício do alcoolismo e inclusive uma tentativa de suicídio, depois de vencida a batalha, alcançou o sucesso como escritora.
Autora de vários best sellers do gênero Chick Lit, os seus livros exploram o universo feminino com muito humor e leveza. Seus temas centrais no entanto levam a tona muitos assuntos delicados, tais como: luto, depressão pós parto, violência domestica... As personagens criadas pela escritora possuem perfis realistas, que permitem com que o leitor se identifique com a trajetória de vida narrada.


4 comentários

  1. Oi Elizane! Eu nunca li nada da autora, mas gostei bastante da premissa deste livro. Parece divertido e a protagonista bem interessante. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cida...

      Gosto bastante doa livros da autora, ela sempre trás história bem marcantes e personagens legais.

      Bjs...
      Elizane

      Excluir
  2. Olá,

    Nunca li nada da autora, mas tenho certa curiosidade para conhecer seus livros, já que ele costumam ser elogiados.
    Dica anotada!
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Olá Jessica...

    Para começar a ler livros da autora te indico inicialmente melancia, depois pode seguir sua ordem. 😀

    Bjs... Obrigada

    Elizane

    ResponderExcluir

Expresse-se