Resenha #255 - Warcross (Warcross Vol 1)!






Título: Warcross
Coleção: Warcross Vol 1
Autora: Marie Lu
Editora: Fantástica Rocco
Ano: 2018
Especificações: Brochura | 320 páginas
ISBN: 13: 9788568263662
 Sinopse
Autora das bem-sucedidas trilogias Legend e Jovens de Elite e nome forte da literatura jovem internacional, Marie Lu mergulha no mundo da tecnologia em Warcross. Neste eletrizante thriller de ficção científica, Emika Chen é uma hacker de 18 anos com uma vida financeira difícil. Num golpe de sorte do destino, ela se torna milionária ao ser contratada pelo criador do Warcross, um jogo de realidade virtual que virou febre em todo o mundo, para evitar um ataque em massa que estaria sendo planejado contra a plataforma – e seus milhões de usuários – durante a cerimônia de encerramento de um grande campeonato.
Mas a garota logo conhece o lado sombrio do sucesso, à medida que a final se aproxima e pistas ameaçadoras começam a surgir. De onde partirá o ataque ao maior fenômeno da tecnologia mundial? Imersa no universo do Warcross, Emika descobre que escolher em quem confiar pode ser o jogo mais arriscado de todos.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************


'Warcross' é mais um livro da incrível Marie Lu que ganha espaço no meu coração. Abordando temáticas que me agradam muito, alerto com certeza: largue os mundos fantásticos e venha conhecer o universo digital e deslumbrante apresentado pela autora.

Na trama acompanhamos a história da jovem Emika Chen, uma garota problema que tem tido dias difíceis desde a morte de seu pai. Caçadora de Recompensas em uma Nova York futurística, Emika passa seus dias tentando juntar os poucos trocados em prol de se manter abrigada, e jogando ilegalmente Warcross, o  jogo virtual mais influente do momento. Mas sua vida está prestes a mudar. Quando o campeonato do game começa, ela acaba hackeando uma das fases para tentar conseguir um item raro. Durante esse processo, ela acaba se relevando e aparece no meio da partida como jogadora. Daí em diante, Emika é levada até Tokyo para conhecer o grande criador desse mundo, Hideo, que contará com sua ajuda para desvendar e impedir um hacker ainda mais perigoso que ameaça seu campeonato. Até onde realidade e virtual podem se distinguir?


Narrado em primeira pessoa, 'Warcross' tem um ritmo eletrizante e muito fácil de penetrar, de forma que o leitor fica preso rapidamente em suas páginas. A autora possui uma escrita muito fluída e extremamente pontual, não alongando descrições sem necessidade ou acrescentando detalhes irrelevantes. No total, suas 320 páginas passam numa velocidade alucinante, em capítulos que tiram o fôlego quando as cenas de ação realmente começam. Marie Lu consegue descrever bem o cenário a ponto de me deixar deslumbrado com tudo o que eu li. Sinceramente eu adoraria conhecer essa Tokyo futurística da qual ela fala. Seus cenários são cheios de cores, vida. E a riqueza cultural é inquestionável. Fica claro o quão próximo a autora parece ser de todos os elementos aos quais está se referindo. Sua escrita transmite segurança e propriedade e o leitor percebe que ela realmente estudou muito para falar sobre.

Os personagens desse livro também são maravilhosos. Assim como em outras obras da autora, ela detalha bem toda a construção individual de cada um, e desenvolve com clareza suas relações. Emika é forte, engraçada e muito inteligente. A maneira como lida com os problemas, sempre utilizando do cérebro ao invés da força, me encanta. Gosto de personagens que chegam na briga com bons socos, mas é também de encher os olhos conhecer outras que utilizam-se de lógica e raciocínio para enfrentar seus obstáculo. A personalidade nerd e extrovertida dela faz com que você se cative com facilidade.

Hideo também é bem apresentado, e por mais que seu destaque seja mais secundário, você se pega curioso por conhecê-lo melhor, saber suas motivações e descobrir seus verdadeiros sentimentos. Ele é de fato um personagem muito multifacetado, tendo várias camadas que vão se apresentando lentamente no decorrer da trama, e isso foi interessante, não só para estabelecer um elo mais firme entre ele e a protagonista, como também para mostrar o quão complexo o personagem é. Suas ambições, maneiras de enxergar o mundo e brilhantismo lógico, convencem o leitor de que todas as suas decisões parecem certa, mesmo quando elas não são.

O grande mistério é o antagonista. Passamos boa parte do enredo conhecendo-o apenas como Zero, e isso foi o suficiente para criar toda uma atmosfera de perigo e apreensão durante suas aparições. Eu pessoalmente ficava muito abalado quando aconteciam embates entre ele e a protagonista. É um vilão impressível e você, estando sob o ponto de vista de Emika, não sabe bem que planos ele vai executar. Pouco é realmente falado sobre quem ele realmente é, e esse mistério pendura até as últimas páginas do romance, tornando a leitura ainda mais viciante. Provavelmente teremos mais sobre o vilão na sequência.

Não devo esquecer de mencionar os personagens mais secundários, que possuem sua importância e são tão cativantes quanto Emika. Destaco sem sombra de dúvidas, Hammie, com quem a amizade de Emika é extremamente bonita e inspiradora, Rosham e até mesmo Tremaine, que me foi uma imensa surpresa, no fim das contas. Cada um com um papel a desempenhar.

O único problema para mim soa para explicar mais as motivações dos vilões. Nesse livro, fora Zero, temos um outro personagem que parece concordar com o ideais dele. Mas pouco é explicado sobre o porque. Na metade do livro em diante, o personagem acaba sumindo e não sendo mais mencionado. Senti que ficou um espaço em branco que poderia ter sido melhor explicado. Uma conversa entre e a protagonista resolveria com facilidade.

A obra também apresenta muita diversidade cultural e étnica. Temos personagens não brancos, como no caso de Emika, asiáticos, gays e muito mais. A riqueza de trabalhar diversas culturas, de diversos países, enriquece as páginas e cria uma identidade mais palpável para com seu leitor. A realidade estabelecida por Lu é muito próxima da nossa, tanto que suas críticas ferrenhas ao mundo digital são profundas e destacam-se dentro do texto. Beira o assustador quando paramos e observamos o quanto as redes controlam ou participam do nosso dia à dia. Já imaginou não ter internet mais? Se desligar por alguns dias? Estas questões são colocadas em cheque dentro da trama.

Sendo fã da autora, devido a outros trabalhos que ela já escreveu e eu já li, não foi surpresa alguma me vê gostando tanto do clima de 'Warcross' e devo assumir, esse é um dos livros dela mais bem escritos dentre os que já conheci. A escrita madura e a história consistente, passam um clima de muita liberdade e amor pelo tema abordado. Sem contar que o livro fala sobre games e mundos diversos, o que obviamente já me encantaria. Com variáveis elementos pops famosos (Harry Potter e cia), essa é uma duologia promissora que termina com uma imensa reviravolta e garante que o leitor queira continuar.



Escreve romances jovens-adultos, e tem um amor especial por livros distópicos. Antes de se tornar uma escritora em tempo integral, era diretora de arte em uma empresa de jogos. É formada na Universidade do Sul da Califórnia, e atualmente vive em Los Angeles.




12 comentários

  1. Oi David! Eu amei Jovens de Elite e desde então estou com muita vontade de conferir outra obra da autora. Eu comprei os dois volumes e em breve começo a leitura. Vamos ver se vou gostar mais de Jovens de Elite. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida!
      Eu gostei muito de Jovens de Elite também. Comecei por ele e amei esse também. Curioso agora pelo final e por Legend

      Abraços
      David

      Excluir
  2. Oi David! Gosto muito da ideia de duologias! Eu ando bem afastada de fantasias, mas taí uma autora que me faria voltar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Super recomendo. E os romances dela são super rápidos de ler porque ela nao enche de enrolação não. Vai direto ao ponto. Passei a gostar muito da Lu.

      Abraços
      David

      Excluir
  3. Oiii David

    Eu acho que sobre os vilões, o segundo livro vai explicar melhor as motivações por trás de cada um, acredito que a Marie Lu vai focar nisso. Eu tb amei Warcross, o cenário é tão diferente. Só o romance que não me convenceu nadinha, aliás, achei desnecessário.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      Concordo também. Não curti muito o romance deles também não me convenceu também não e sim, já espero que ela explique mais sobre o vilão nesse próximo livro. Ansioso.

      Abraços
      David

      Excluir
  4. Oi, David

    Não vou negar que acho a história bem criativa, mas não é meu estilo de leitura... passa bem longe para te falar a verdade.
    Que bom que você curtiu e que foi um dos mais bem escritos dela que você leu.
    Li algumas resenhas meio negativas do segundo, espero que você goste dele também.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami!
      Eu gostei muito. A autora amadureceu muito na escrita. Estou curioso pelo segundo, mas também já vi algumas ressalvar em relação a ele. Vamo vê no que dá!

      Abraços
      David

      Excluir
  5. Oi, David!
    Dizer que gostei é repetitivo né.. eu quero só ver tua reação com algumas bombas em O Jogo do Coringa.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      AVE MARIA! Preparado estou! Que venham os tombos!!!!

      Abraços
      David

      Excluir
  6. Oi, David! Tudo bom?
    AAAAAAAAAAAAAAA eu tô com esse livro no meu Kindle, louca pra ler! A Marie Lu é muito uma rainha e tenho certeza de que deve ser fodástico, ainda mais com essa temática de games que ultimamente tem consumido minha vida.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nizz!
      Ela é incrivel. O mundo criado por ela me encantou tanto. Queria uma Tokyo dessas só pra mim <3 Visualmente falando é lindo. Espero que tu consiga ler. Certeza que tu vai adorar também.

      Abraços
      David

      Excluir

Expresse-se