Cinema #81 - Como Treinar Seu Dragão 3!





Título: Como Treinar Seu Dragão 3
Gênero: Animação
Direção: Dean DeBlois
Elenco: AJ Kane, America Ferrera, Cate Blanchett, Christopher Mintz-Plasse, Craig Ferguson, Djimon Hounsou, F. Murray Abrahams, Gerard Butler, Jay Baruchel, Jonah Hill, Kit Harington, Kristen Wiig, T.J. Miller
Roteiro: Cressida Cowell, Dean DeBlois
Produção: Bonnie Arnold, Brad Lewis, Doug Davison, Kate Spencer, Michael A. Connolly, Roy Lee
Duração: 94 min.
EstúdioDreamWorks Animation, Mad Hatter Entertainment 
 Sinopse: Conforme Soluço realiza o seu sonho de criar uma utopia pacífica com os dragões, a descoberta de Banguela de um companheiro indomável afasta o Fúria da Noite. Quando o perigo ameaça o lar e a chefia de Soluço no vilarejo é testado, dragão e treinador precisam tomar decisões impossíveis para salvar seu povo.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************




Uma conclusão espetacular para um filme fortemente emotivo! 'Como Treinar Seu Dragão' apela para o lado nostálgico e ainda introduz novos conceitos que vão fazer você desejar que esse seja somente mais um começo.

Soluço conseguiu criar um lugar onde dragões e humanos finalmente vivem em paz e harmonia. Seguindo o legado de seu pai e protegendo seu povo, ele e seu fiel amigo Banguela protegem todos. Mas o surgimento de uma nova Fúria da Noite pode significar ameaça iminente. Um perigo ainda maior ronda o vilarejo e o senso de liderança de Soluço é finalmente posto a prova.

'Como Treinar Seu Dragão' é uma franquia que sempre apelou para o coração de seus telespectadores, seja nos filmes, seja nos livros. E apesar das diferenças gritantes entre um e outro, ambas funcionam muito bem da maneira como são executadas. Esse terceiro e último filme é a consolidação de tudo o que já vivemos com esses personagens, fechando com chave de ouro todo o arco envolvente do protagonista Soluço. Teremos não só um destaque visível para a sua relação com seu dragão, como também o significado concreto da sua ligação com seu povo. Sendo assim, o roteiro de Cressida Cowell (autora dos livros) sob a direção de Dean DeBlois não falha um só segundo, ganhando o telespectador com cenas de ação cheias de alívio cômico ou dramáticas com um tom nostálgico. Desde o primeiro instante do longa você já sente com clareza o clima de despedida, se agarra a esses personagens e não os quer largar (eu pelo menos não quis).

Banguela e a nova Fúria da Noite são os maiores destaques. A trama constrói sua relação e vai demonstrando lentamente como tudo acontece, o que me agradou muito. Suas cenas são engraçadas, charmosas e possuem um visual particularmente lindo. O computação gráfica é impecável, fornecendo cenários deslumbrantes que enchem os olhos pelas cores e pelos detalhes. É tão gratificante vê o último vôo de um dos meus pets de animação favoritos.



A fotografia e a trilha sonora também seguem no mesmo padrão de qualidade dos anteriores, casando bem enquanto se adéqua ao contexto individual de cada cena.

Juntamente a ele, o núcleo de Astrid e Soluço também é bastante presente. O filme fortalece ainda mais o laço de parceria entre eles. Sua relação amorosa e amigável e me agradou totalmente. O casal que antes já parecia envolvente torna-se ainda mais maduro. Tanto ela quanto ele passam um ar bem mais adulto para as discussões abordadas, embora isso não vá deixar de fazer com que qualquer criança deixe de se divertir vendo. É uma animação com temáticas mais densas, porém, tratadas de forma sútil, quase entrelinhas.


O ápice do longa para mim, são suas cenas finais, como de fato deveria ser. Está recheado de ação desenfreada, batalhas incríveis e drama na dose certa, compartilhando a tela com todos os personagens. A execução no geral, é brilhante; tão tocante que pode te render algumas lágrimas em seu desfecho, novamente nostálgico, referenciando uma cena bastante icônica para a franquia, como também deixando a mensagem de que acabou, mas isso não é tudo. Ainda teríamos muito para contar.

'Como Treinar Seu Dragão 3' é mais uma animação da DreamWorks que merece ser reverenciada. Juntamente com 'A Origem dos Guardiões' é sem sombra de dúvidas, uma das minhas favoritas. E embora me doa despedir-me desses personagens, sigo feliz pela boa jornada que tivemos do começo ao fim.


7 comentários

  1. Oi Emerson!
    Acabou que até hoje eu só vi o primeiro filme! Me lembro que gostei bastante na época. Vou me organizar pra finalizar essa animação *-*
    Não sabia que a história era baseada em livros!
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias ❤️ Tem SORTEIO DE LIVROS rolando no blog!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Emerson!
    Menino, eu nunca nem vi um filme dessa série, acredita???? HAHAHAHAHHA
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi, Emerson!
    Infelizmente, ainda não vi o filme #3, mas Como Treinar o Seu Dragão é uma de minhas animações favoritas. Sou apaixonada pelos personagens, desde os livros! Tenho os 13 (ou são mais? haha) e os acho incrivelmente divertidos. OS filmes, apesar de bem diferentes, conseguiram captar bem o clima dos personagens e desse mundo.

    Ótimo post,
    beijos!

    renatavarelaescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Emerson.
    Eu só assisti o primeiro filme e me acabei de chorar hehe. E logo corri ler os livros porque amei a história. Assim que der vou assistir os outros porque só vi elogios.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Emerson! Eu não vi nenhum filme desta franquia, sempre foi mais meu sobrinho que curtiu. Que bom que foi uma boa experiência para você. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi, Emerson!

    Eu ainda não vi o filme mas to doidaaaa pra ver. Todo mundo fala super bem e eu sou apaixonada no 1 e no 2! Amo o banguela e o soluço <3 (tanto que nossa capa do blog foi o banguela por muuuito tempo hahaha).
    Adorei sua resenha, me deixou mais animada pra ver logo!

    Beijos,
    Caverna Literária - http://caverna-literaria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Emerson
    Como boa chorona e fã da série que sou, chorei muito com esse último filme. Nem tentei segurar minhas lágrimas, simplesmente as deixei rolar. Pra mim, ele tem comédia e drama nas medidas certas.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Expresse-se