Coluna: Invasão Otaku #49!



É hora de retornar as raízes e indicar um anime que marca presença viva na minha infância. Misturando fantasia, viagem no tempo e romance bem construído, 'InuYasha' é a pedida do mês para a maratona perfeita.

'InuYasha' é uma série de mangá shōnen escrita e ilustrada por Rumiko Takahashi (também mangaká de Ranma 1/2) que foi publicada na revista Weekly Shōnen Sunday entre 13 de novembro de 1996 e 18 de junho de 2008, totalizando 56 volumes.

A adaptação em anime foi produzida pela Sunrise e foi exibida originalmente no Japão pela Animax de 16 de outubro de 2000 a 13 de setembro de 2004, sendo exibida também pela Nippon Television e pela Yomiuri TV.

A série possui quatro filmes e cinco OVAs, além de ter vídeo games e uma light novel.

Na história, partiremos de Tóquio, no Japão, com uma garota de 15 anos chamada Kagome Higurashi. Ela vive com sua mãe, seu avô e seu irmão mais novo, Sota, nas terras do santuário Shinto. Quando ela vai procurar seu gato, Buyo, em um poço (denominado no anime como Poço Come-Ossos) perto de sua casa, um monstro a puxa para dentro, levando-a consigo em uma viagem pelo tempo que a joga no período Sengoku do Japão (essa fase marcou o país por diversas guerras). Aparentemente o monstro era um yōkai (espécie de demônio no folclone japones) que tinha atacado uma aldeia perto do poço, com objetivos de roubar a Joia de Quatro Almas (artefato que concede poder inesgotável ao seu portador) e matar a sacerdotisa que a protegia. Por Kagome se parecer bastante com a sacerdotisa, ela acaba sendo atacada também.

Desesperada, Kagome corre e encontra um garoto preso em uma árvore por uma flecha. Isso faz com que ela arranque a flecha e liberte o meio-yōkai InuYasha, que estava selado na árvore há 50 anos pela sacerdotisa Kikyou, a antiga guardiã da Joia de Quatro Almas

A Joia que estava perdida, retorna junto com Kagome, e numa situação inusitada, ela acaba quebrando-a em vários fragmentos, que se dispersaram por todo o Japão feudal. Temendo que caia nas mãos erradas, InuYasha e Kagome se propõem a juntar os fragmentos da joia para evitar os desastres que ela pode causar.

Esse foi um caso de paixão a primeira vista. 'InuYasha' foi um dos primeiros animes com tom mais violento que vi, inclusive até, bem antes de 'Dragon Ball'. Na época acompanhava pela programação da madrugada que passava no canal Cartoon Network, voltada para o universo japonês. E era incrível! As 3 da matina nunca foram tão emocionantes. 

O anime tem um clima muito leve no começo, mas conforme as temporadas vão se desenvolvendo, as lutas vão ficando mais intensas e a adrenalina aumentando consideravelmente. Todo o romance que permeia o centro da história é envolvente, instigante e você torce a cada instante pelo casal, sem saber se eles realmente vão ficar juntos no final devido a todos os problemas que precisam enfrentar.

Acho que um grande ponto para esse anime eram as músicas. Elas casavam muito com a temática mista e faziam você se envolver a ponto de querer cantá-las junto. Inclusive, vira e mexe solto o volume nas playlist do youtube. Algumas canções em especificas, apresentam um letra linda, de fato. São composições maravilhosas!

Todo o clima meio sobrenatural misturado com algo medieval e inovador, tornaram 'InuYasha' imperdível. Do crescimento dos personagens a própria construção do vilão, tudo me fazia querer mais e mais. Anos depois, inclusive, revi todos os episódios e amei ainda mais.

As 5 primeira temporada do anime foram exibidas em seguimento, totalizando 167 episódios. Na 34º edição da revista Shōnen Sunday, publicada em 22 de julho de 2009, foi anunciado que uma última temporada do anime estava sendo produzida. Composta por 26 episódios, ela é a adaptação de 36 volumes do mangá. O elenco original da série clássica foi mantido e foi ao ar pela YTV do Japão. Na semana seguinte, a Viz Media anunciou que havia licenciado o novo anime, intitulado InuYasha: The Final Act (ou como veio traduzido: InuYasha: Kanketsu-hen). A série estreou oficialmente em 3 de outubro de 2009 e foi finalizada em 29 de março de 2010.

Apaixonante e envolvente, é uma pedida perfeita. E agora com facilidade. No mês passado (Julho) o serviço de streaming Amazon Prime Video disponibilizou algumas temporadas e filmes para seus assinantes. Afirmo que para os amantes de fantasia ou romance, esse anime vai te conquistar totalmente.

Confira algumas imagens:










E ai, já assistiu? Curtiu? Comenta com a gente.

4 comentários

  1. Oi Emerson!
    Tenho uma amiga q ama esse anime! Eu ainda n vi, mas qlqr dia desses rola...
    Por enquanto estou tentando terminar as temporadas infinitas de Naruto HAHAHAH
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      KKKK é temporada com força de fato. Pula os fillers. Assiste so os episodios canonicos que facilita tua vida. Tem muita enrolação.

      Abraços
      Emerson

      Excluir
  2. Oi, Daverson

    Eu não assisto anime, mas me impressiono com a criatividade dos criadores. Tem MUITO anime e TODOS são bem distintos, apesar dos traços bem parecidos e característicos do gênero. Meus sobrinhos que gostam, agora eles estão vendo um do filho do Naruto, acho. Hahahah

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tami!
      Japones tem uma critividade que ce num imagina KKKKKKKKK mas de fato alguns traços parecem mesmo.
      Diz pros teus sobrinhos assistirem algo melhor KKKK Boruto eu larguei. Sem paciencia irmã pra tanta chatice.

      Abraços
      Emerson

      Excluir

Expresse-se