Coluna: Na Tela #62!



A coluna dos seriados finalmente retorna e eu roubo o espaço do Anderson esse mês para indicar umas das minhas queridinhas já de 2020. Ces já assistiram Sex Education? Não? Então vem cá saber mais!






SINOPSEA trama acompanha Otis (Asa Butterfield), um virgem com ansiedade social que é filho de uma terapeuta sexual (Gillian Anderson). Por ter crescido cercado por manuais, vídeos e conversas abertas sobre sexualidade, ele torna-se um expert no assunto - mesmo que contra sua vontade. Assim que as pessoas de sua escola descobrem sobre sua mãe, ele decide usar seu conhecimento para melhorar sua reputação.
Otis se junta com Maeve, uma inteligente e desobediente garota, para criar uma clínica clandestina de terapia sexual para lidar com os estranhos problemas dos demais alunos.


ElencoGillian Anderson (Jean Milburn), Samantha Spiro (Maureen Groff), Alistair Petrie (Mr. Groff), Asa Butterfield (Otis Milburn), Patricia Allison (Ola Nyman), Aimée Wood (Aimee Gibbs), Ncuti Gatwa (Eric Effiong), Kedar Williams-Stirling (Jackson Marchetti), Connor Swindells (Adam Groff), Emma Mackey (Maeve Wiley), Aimee Lou Wood (Aimee Gibbs), Tanya Reynolds (Lily Iglehart), Mimi Keene (Ruby Matthews), Chaneil Kular (Anwar), Sami Outalbali (Rahim).


'Sex Education' é uma série original da Netflix que foi lançada em 2019 e criada por Laurie Nunn, tendo atualmente duas temporadas somados em 17 episódios.

Trazendo uma nova visão sobre os dramas na adolescência, a série apresenta uma premissa interessante educativa que aborda os mais variados tema sem perder seu humor. Inclusive esse é um dos aspectos que mais gosto nela. O fato de trazer abordagens extremamente pesadas e melancólicas de uma forma que o telespectador não se senta cansado fazem do roteiro dela algo genial.

Tanto na primeira temporada quanto na segunda, o foco é desenvolvimento de personagem, tanto dos principais quanto dos secundários. Na realidade, de uma temporada para a outra, esses focos mudam, embora arcos sejam constantemente abertos e fechados. E isso enriquece ainda mais os episódios. A diversidade de assuntos e personagens tornam a trama muito mais dinâmica e inclusive, não deixando que um personagem ofusque muito os demais.


O trio formado pelos personagens de Asa Butterfield, Ncuti Gatwa e Emma Mackey é inegualavel. Eles são a fusão perfeita onde uma personalidade e totalmente oposta a outra e ainda sim funcionam bem em tela, tanto junto quanto separados. Em especial a personagem de Mackey que tem todo um charme especial fazendo o papel da mocinha problemática e revoltada. Eu ouço dizer que seu núcleo é o mais dramático e sentimental da série, tanto na primeira quanto na segunda temporada.

Mas gosto também do pequeno desenvolvimento que os personagem de Aimee Lou Wood tem tido. Ela apresenta dramas promissores que devem ou vão acrescentar muito a trama nas próximas temporadas que estão por vir. E seu humor, com a pose de mocinha atrapalhada, me faz rir só em ter sua personagem em cena.


AVALIAÇÃO


Da fotografia a sua trilha sonora, tudo me encanta, apresentando momentos memoráveis e personagens apaixonantes. 'Sex Education' toca assuntos necessários de forma muito responsável de uma maneira que envolve o telespectador com muita graça e facilidade.




6 comentários

  1. Oi
    eu gosto dessa série, super interessante e com personagens cativantes, eu já assisti as duas temporadas, adoro o Eric.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Emerson.
    Eu tenho um amigo que ama essa série e vive me indicando ela. Mas estou com tantas séries na fila que nem sei quando vou conseguir assistir hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Meu namorado e minha melhor amiga AMAM essa série, só eu que ainda não vi. Mas to morrendo de vontade, adorei o post e ótima recomendação <3

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Emerson! Você não é o primeiro que elogia a série, vou anotar a dica e ver logo que tenha um tempinho. Bom encontrar algo envolvente assim.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Ahhh, que resenha mais incrível! Já tinha adicionado a série para assistir e lendo seu texto me deu vontade de começar logo.
    Gostei do blog. Estarei por aqui agora.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Quando peguei para assistir essa série, não dava nada por ela. Como me enganei, os temas são bem necessários, e com uma linguagem clara, o que eu particularmente amo. A Aimee ganhou mesmo muito destaque, para mim é uma das melhores, principalmente na segunda temporada.

    Beijo!
    www.amorpelaspaginas.com

    ResponderExcluir

Expresse-se