Coluna: Dorama do Mês #11!


 

Disse para vocês que voltava logo, né? 


Preparados para mais uma viagem bem rápida no universo televisivo asiático? Como tinha dito na última indicação, vou trazer para vocês mais um drama especial (aconselho que olhem minha última postagem que explica um pouco as características dos dramas especiais). No caso de hoje, vou indicar para vocês o drama especial 'Kang Deok Sun’s Love History' (ou a “A História de Amor de Kang Deok-sun”, em português), que é um drama de época lançado em 2017 e protagonizado pela Kim So-hye, a mesma atriz de 'The Best Chicken' (vem dar uma olhada no post de indicação aqui no blog). 

Quando lemos o título 'A História de Amor de Kang Deok-sun', podemos pensar que é um romance histórico bem água com açúcar, como os romances dos dramas coreanos que estamos acostumados a assistir. Inclusive, eu fui assistir imaginando isso, porque o que pensar de uma personagem da Kim So-hye que no cartaz de divulgação está posando desse jeito para a foto? (ELA ESTÁ TÃO FOFINHA QUE EU QUERO MORRER!!!!).


No entanto, Kang Deok-sun (Kim So-hye) é uma personagem cheia de camadas dentro de um contexto histórico bem delicado da Coréia do Sul, que foi o período de ocupação japonesa, tentando correr atrás do seu grande amor e descobrindo um mundo. Deok-sun é uma jovem do interior que está predestinada a casar com um amigo de infância, Kim Seok-sam (Oh Seung-yun), e gosta dessa ideia por ser apaixonada por ele, porém, o afeto de Seok-sam não é tão forte pela garota de brutos modos e comportamento nada elegante. Com a viagem do rapaz para a cidade e um novo casamento espreitando a jovem nada fina e ingênua, Deok-sun decide ir atrás do seu grande amor na cidade para que não precise se casar com uma pessoa que não ama, porém, a cidade no período de ocupação japonesa é um lugar bastante perigoso para alguém tão inocente quanto Deok-sun

Com essa premissa, a história aborda questões sociais e históricas sul-coreanas importantes, como: o estado de alerta da população sul-coreana na época da ocupação japonesa; o papel das mulheres nessa sociedade tão perigosa; o acesso da população coreana interiorana a leitura e escrita e a participação feminina no movimento de independência da Coréia. A narrativa do drama, “que deveria nos contar uma história de amor”, consegue nos contar uma história de amor de um povo pelo país, mas antes de tudo nos conta uma história de amor de uma jovem ingênua e ignorante pela sua liberdade e independência no começo do século passado, dentro de uma sociedade bastante conservadora com a figura feminina. 

O drama é focado na personagem da Kim So-hye e a sua visão ingênua do mundo por ser uma garota do interior, porém, as personagens femininas secundárias possuem uma riqueza de construção tão imensa, que o fato da narrativa fugir dos romances açucarados sul-coreanos não me incomodou nenhum pouco. Todas as mulheres do cenário que chegam a interagir com Deok-sun, desde a jovem Jo Kook-hee (Park Seo-yeon) e o seu gênio forte até a senhora Nam Hee-soon (Kim Yeo-jin) e o seu jeito reservado, contribuíram muito para a construção de uma narrativa sobre cumplicidade feminina em um contexto hostil. Tudo é muito bem construído no cenário, inclusive, o papel do Kim Seok-sam é importante dentro dessa “história de amor” vivida pela Kang Deok-sun dentro desse drama especial, permitindo que conheçamos um pouco da história sul-coreana, ao mesmo tempo em que somos cativados por uma garota do interior. 

Para a nossa felicidade, esse drama especial da KBS também foi disponibilizado pelo canal de TV coreano no Youtube com legenda em inglês, podendo ser adaptada para o português nas configurações do vídeo. 'A História de Amor Deok-sun' é um drama especial que tem duração de aproximadamente uma hora, porém, o enredo é bem intenso a ponto de nos prender e nos fazer derramar algumas lágrimas em determinados momentos. Espero que vocês gostem dessa indicação de hoje, inclusive, vou deixar o vídeo disponibilizado no Youtube pela KBS aqui no post, para facilitar a vida de vocês na procura na hora que precisarem assistir. 


Não se esqueçam de deixar a opinião de vocês sobre a indicação de hoje, inclusive, se vocês assistirem, não se esqueçam de me dizer o que acharam (por favor) e aproveitem o espaço dos comentários para me indicar doramas, também. 

Até a próxima!


Postar um comentário

3 Comentários

  1. Tem uns meses que não assisto nenhum dorama e já estava sentindo falta. Tenho alguns na lista, mas os que me chamam atenção eu sempre anoto. Adorei a dica.

    Abraço

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca assisti um dorama na vida. Tem tantos né? Vou ver se dou chance a algum.

    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Adorei a trajetória da protagonista. Coitada, se eu fosse obrigada a casar com gente da infância acho que surtava. hahaha
    Gostei de saber desse canal no Youtube. Quando puder darei uma olhada.

    tenha uma ótima semana :D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Expresse-se