Resenha #274 - Uma Noiva Para Winterborne (Os Ravenels Vol 2)!





Título: Uma Noiva Para Winterborne
ColeçãoOs Ravenels Vol 2
AutoraLisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano2018
Especificações: Brochura | 336 páginas
ISBN13: 9788580418576
 Sinopse
Rhys Winterborne conquistou uma fortuna incalculável graças a sua ambição ferrenha. Filho de comerciante, ele se acostumou a conseguir exatamente o que quer - nos negócios e em tudo mais.
No momento em que conhece a tímida aristocrata lady Helen Ravenel, decide que ela será sua. Se for preciso macular a honra dela para garantir que se case com ele, melhor ainda.
Apesar de sua inocência, a sedução perseverante de Rhys desperta em Helen uma intensa e mútua paixão.
Só que Rhys tem muitos inimigos que conspiram contra os dois. Além disso, Helen guarda um segredo sombrio que poderá separá-los para sempre. Os riscos ao amor deles são inimagináveis, mas a recompensa é uma vida inteira de felicidade.
Com uma trama recheada de diálogos bem-humorados e cenas sensuais e românticas, Uma Noiva Para Winterborne é o segundo volume da coleção Os Ravenels.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************


O que dizer desse livro que desde o primeiro da serie (Um Sedutor Sem Coração) já me deixou extremante ansiosa para conhecer a história desse casal. Confesso que li o primeiro rapidinho para poder iniciar logo ele, e que surpresa feliz quando o mesmo não me decepcionou, muito pelo contrário, se tornou um dos meus livros preferidos e um dos meus top 10 crush literários. Mas enfim, vamos a história.

O mundo não é gentil com as mulheres. Nossos futuros são desenhados na areia

No livro anterior, o noivado de Helen Ravanel e Rhys Whinterborne é rompido por sua cunhada Catherine, que acha que esta fazendo um grande favor a mesma, porém Helen não compartilha da mesma opinião de sua cunhada e vai atrás de Rhys para resolver a situação. A parti dai temos o inicio da nossa historia. Rhys fica sem acreditar quando sua amada aparece desejando reatar o compromisso, pois o mesmo achava que ela não gostava dele, porém tudo não passa de um mal entendido, nossa mocinha sempre ficou muito reclusa já que seus pais e irmão nunca deram importância a ela, se tornando tímida. Por seu lado, Rhys super apaixonado, aceita reatar o noivado, mas com uma condição: impedir que qualquer um da família se oponha ao noivado, e ela, claro, aceita a proposta. Porém nem tudo são flores na vida do nosso casal querido já que Helen descobre um terrível segredo que pode colocar em risco seu casamento.

Tenho poucas meias – informou ela. – Em vez de comprar novas, prefiro remendá-las e usar o dinheiro para comprar livros. Talvez aquele pedaço de pano não tivesse valor para você, mas tinha para mim.” 

Conhecemos mais da história de Helen, o porque da negligência de sua família, e ao contrário do livro anterior, ela se mostra uma personagem mais forte, decidida, corajosa, fiel aos seus sentimentos, já Rhys é aquele mocinho rústico, mas apaixonante e capaz de fazer de tudo pela sua amada.

Em cada página conseguimos sentir seu amor por ela, e nos apaixonamos mais por ele, além disso ele é um super incentivador das mulheres terem sua independência, e seguir seus próprios caminhos. 

Não posso deixar de falar dos personagens secundários. As gêmeas são maravilhosas, West simplesmente apaixonante, e meio que temos uma finalização da história do casal do livro anterior. 

Ame-me por quem eu sou como eu a amo por quem você é... E nosso laço durara até as estrelas perderem o brilho “ 

Esse livro é cativante, consegue lhe prender do início ao fim. Muito provavelmente você vai rir, chorar, se emocionar e finalizar com o coração quentinho e aquela sensação de satisfação por ter lido uma trama tão esplêndida.


Depois de se formar na Universidade de Wellesley em Ciências Políticas, publicou seu primeiro romance aos vinte e um anos de idade. Em 1985, ela foi nomeada Miss Massachusetts e competiu o Miss America, em Atlantic City. Lisa está casada e tem dois filhos. Em sua página na web, a autora conta: "Comecei a escrever romances porque sempre amei lê-los. Indiscutivelmente, fui uma nerd durante toda a escola primária e, mesmo "florescendo" na secundária, acredite, a nerd interior ainda estava aqui. Nunca pude imaginar um tempo melhor aproveitado do que lendo um livro, e este amor pela leitura, com o tempo, se traduziu num profundo desejo de escrever um.



Postar um comentário

2 Comentários

  1. Oi Ana! Eu gosto mais deste do que do primeiro, achei a protagonista mais carismática e o romance bem mais emocionante.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ana! Tudo bom?
    Eu amei esse livro quando li. Tem mais profundidade e o casal protagonista é mais carismático; estava com medo de ela romantizar a babaquice do Winterborne, mas gostei dos motivos da postura e de como ele evoluiu como personagem.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir

Expresse-se