26 julho 2017

Resenha #152 - Levana (As Crônicas Lunares Vol 3.5)!





Título: Levana - A Rainha Mais Bela
Coleção: As Crônicas Lunares Vol 3.5
Autora: Marissa Meyer
Editora: Rocco
Ano: 2017
Especificações: Brochura |256 páginas
ISBN: 13: 9788579803468
 Sinopse
Quem é a verdadeira mulher por trás da fascinante vilã que perpassa as histórias de Cinder, Scarlet, Cress e Winter? Neste spin-off da série de contos de fadas futuristas Crônicas Lunares, a autora Marissa Meyer revela o passado e as motivações de Levana, a cruel rainha que sonha em governar o povo de Luna. Filha mais nova ofuscada pelo brilho e charme da verdadeira herdeira do trono, sua irmã Channary, Levana teve o rosto desfigurado por queimaduras na infância e aprendeu a se camuflar, manipulando todos a sua volta com uma beleza fictícia. Assim, conquistou à força o amor de Evret Hayle, por quem sempre foi apaixonada, tornando-se madrasta de Winter quando ele perdeu a esposa no parto da filha. E seu próximo passo é tomar o trono definitivamente.
Cortesia Rocco (Grupo Editorial Rocco)

**********************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
**********************************************************************



Depois de morrer de amores pelos personagens dessa série tão fofa, chegou a hora de conhecer mais de sua antagonista. No novo lançamento da Editora Rocco, 'Levana' trará mais sobre o passado conturbada da rainha lunar mais temida do mundo criado por Marissa Meyer, em um reconto inteligente, forte e gostoso de ler, que faz você se sentimentalizar pela vilã e ao mesmo tempo discordar de suas escolhas mesquinhas e desprovidas de bondade.

Narrado sob o ponto de vista da personagem Levana, iremos conhecer mais sobre seu passado e o que a levou ser tão má quanto é. Claramente que a ordem cronológica desse livro é o 0, pelo menos, dentro da série. Ele traz mais sobre a personagem que foi odiada por tantos e amada por mais ainda, contando sobre sua relação com a irmã abusiva, os pais ausentes e o reino que domina.


'Levana' é um livro perturbadoramente cru. As cenas mais tensas são descritas sem gentileza, fortalecendo a maldade empregada em cada uma delas. Confesso que não cai de amores pela a personagem depois de ler, como aconteceu com a grande maioria das pessoas que leu quando a obra foi publicada lá fora, mas me toquei e senti pena dela em diversas passagens. Conhecer Levana ajudou a tentar montar um perfil a mais da vilã, que ia além da rainha má ou madrasta ruim. Meyer encheu a história de sua personagem com uma crueldade inacabável. Além dos pais que não tinham qualquer piedade ou amor, a personagem sempre foi carente de atenção, mais um ponto que nunca conseguiu. E somado a tudo isso, a relação abusiva com a irmã torna a situação ainda mais tensa. Tive o estômago revirado em mais um de momento enquanto as "brincadeiras" da princesa Channary (irmã de Levana) eram executadas. Mesquinha, superficial e egocêntrica, eu poderia classificá-la facilmente como a principal vilã dessa série, embora sua ela mal apareça e seja apenas isso, uma presença.

Mas Levana também não se escapa impune. Suas decisões são em grande parte erradas e ciumentas. Meyer descreve um ciclo complexo de relações tóxicas onde um vai causando uma espécie de 'envenenamento" no outro, em um loop infinito. E isso foi fascinante. Ao mesmo tempo que torcia para Levana dá um passo ao caminho certo, também a detestava por escolher o errado. A leitura foi um misto de amor e ódio interminável que até agora ainda não sei explicar.

Outro ponto que me encantou foi conhecer mais da cultura Lunar. A autora explora um pouco mais da mitologia criada e não deixa de estabelecer diversos levantamentos de que aquilo é realmente um reconto, mas ao mesmo tempo, está cheio de originalidades viciantes e encantadoras, em todo um clima de conto de fadas feito para a adultos.

Em resumo nada me desagradou. Desde o clima mais pesado, aos personagens nada convencionais, Marissa Meyer soube executá-los com perfeição dentro da trama, mantendo sua escrita fluída e gostosa de ler. O único ponto negativo é não ter mais para ler, porque para mim, esse livro é curto. Gostaria de mais e mais. Não só desse livro extra, como da série. Não vou nem repetir que indico demais todos os volumes. Só leiam.


Marissa vive em Tacoma, Washington, com o seu noivo e dois gatos. Além de uma leve obsessão por livros e escrever, é uma grande degustadora de vinhos e caçadora de antiguidades. CINDER, seu romance de estréia, é uma nova visão futurística da Cinderela em que Cinder é uma cyborgue mecânica.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expresse-se