Cinema #44 - Vingadores: Guerra Infinita!






Título: Vingadores: Guerra Infinita
Gênero: Ação, Aventura
Direção: Anthony Russ, Joe Russo
Elenco: Angela Bassett, Annie Pisapia, Anthony Mackie, Benedict Cumberbatch, Benedict Wong, Benicio Del Toro, Blair Jasin, Bradley Cooper, Callan Mulvey, Chadwick Boseman, Chris Evans, Chris Hemsworth, Chris Pratt, Danai Gurira, Dave Bautista, Don Cheadle, Elizabeth Olsen, Ethan Dizon, Florence Kasumba, Floyd Anthony Johns Jr., Gwyneth Paltrow, Hye Jin Jang, Idris Elba, Isabella Amara, Jeremy Renner, Jon Favreau, Josh Brolin, Karen Gillan, Kerry Condon, Letitia Wright, Linda Cardellini, Mark Ruffalo, Matthew Zuk, Michael Pierino Miller, Paul Bettany, Paul Rudd, Perla Middleton, Peter Dinklage, Pom Klementieff, Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sean Gunn, Sebastian Stan, Terry Notary, Tiffany Espensen, Tom Hiddleston, Tom Holland, Tom Vaughan-Lawlor, Vin Diesel, Winston Duke, Zoe Saldana
Roteiro: Christopher Markus, Stephen McFeely
Produção: Kevin Feige
Duração: 156 min.
EstúdioMarvel Studios, Walt Disney PicturesCorporation
 Sinopse: O maior e mais mortal confronto de todos os tempos. Os Vingadores e seus aliados Super Heróis devem se dispor a sacrificar tudo em uma tentativa de derrotar o poderoso Thanos antes que seu ataque de devastação e ruína dê um fim ao universo.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************


ESSA CRÍTICA NÃO POSSUI SPOLERS


Pesado, épico e emocionante, 'Vingadores: Guerra Infinita' é um filme para se esperar todo o hype que teve e um pouquinho de tortura a mais.

Thanos (Josh Brolin) finalmente iniciou sua busca pelas poderosas joias do infinito. Em uma jornada implacável de realizar sua missão: dizimar metade da população da Terra, o titã louco se coloca de frente a um confronto inevitável com o que restou dos Vingadores (pós os eventos de Guerra Civil) e os Guardiões das Galáxia. Agora, unidos, lutando cada um na sua frente de batalha, usaram até seus últimos recursos para proteger as joias restantes e derrotar essa gigantesca ameaça.

Falar desse filme não vai ser tarefa fácil, e com certeza é um dos que eu mais tive dificuldade de expressar como eu me senti. Se fosse para realmente resumir minha experiência, eu diria que sai da sala agraciado e ao mesmo tempo revoltado e sem esperança. Na realidade eu acho que intuito de 'Vingadores: Guerra Infinita' é justamente esse: mostra que nem sempre sobra esperança; que para ganhar às vezes você tem que perder. Esse filme conversa muito com a construção pessoal do antagonista, e a ideologia dele, está presente em cada pequena cena que o longa exibe. Thanos é definitivamente 99% da trama, e os outros 1% são outros personagens, que frente a toda a construção que o roteiro deu para o vilão, tornam-se irrelevantes, porque o que você realmente vai querer saber, são mais detalhes sobre o titã louco.


Desde a divulgação dos trailer, as entrevistas, as pistas soltadas pelos diretores, eu imaginei que dessa vez a Marvel não ia facilitar no sentimento de vitória ao final, até porque, o longa vai ter uma continuação, que segundo a direção, estaria um pouco distante desse terceiro filme da franquia, o que na minha opinião é impossível. O final desse longa é redondo e ao mesmo tempo aberto. O filme deixa espaço para infinitas possibilidades, e infinitos sofrimentos, porque é assim que eu senti ao apagar da tela. Tenso, cheio de adrenalina, lotado de cenas pesadas, dramático e com um alívio cômico que não consegue aliviar toda a pressão e tensão do enredo principal, esse é um filme de surpresas esperadas e amadurecimento de todos os produto cinematográfico que a Marvel já havia nos dado. Ele se superaram. E embora eu não possa dizer que seja um filme ousado, já que ter baixas e mortes impactantes era esperado, foi um filme de se arriscar; se aventurar por terrenos que os outros ainda não tinham se aventurado.

A química entre os personagens também é inegável. Toda a separação em vários núcleos não poderia ter funcionado melhor. E embora, um aspecto em particular tenha me incomodado no surgimento de determinado personagem, também me surpreendeu. Eu acredito que só merecia um pouquinho mais de explicação, quem sabe umas duas falas a mais, tivessem ajudado para contextualizar como tal personagem virou aquilo.

Se eu tivesse que escolher entre dois atores como líderes dentro dessa trama, seria com certeza Chris Hemswoth (Thor) e Zoe Saldana (Gamora). O filme é deles e para eles e isso é visível no tamanho e na grandiosidade que o arco de seus personagens tem dentro da história. 


Thor me surpreendeu em todas as cenas, mesmo utilizando de um humor que não me agradou em nada em seu filme solo (Ragnarok). Aqui fez total sentido, porque ele em si, evidenciava esse humor forçado, para esconder outros sentimentos. E as cenas de ação em que o ator participa, são de tirar o fôlego. JESUS AMADO, QUE CENAS!


Saldana fica com todo o campo dramático do longa. A sua personagem tem uma importância indescritível para o desenrolar dos eventos nesse filme. Toda a sua ligação com os outros personagens, com o próprio Thanos, os questionamentos que ela faz, os sacrifícios. TUDO! Gamora é a rainha desse momento, e ninguém vai negar isso.


Mas palmas para o desenvolvimento do próprio Thanos (Josh Brolin). O segundo melhor vilão já feito pela Marvel para mim (o primeiro ainda é o de Pantera Negra. Aquele cara e foda demais). Cheio de camadas, verdadeiro em suas intenções e extremamente sereno. Ele passa uma convicção de que sua ideia de certo está correta, que em certos momentos você pode até se questionar se realmente não está. E era isso que eu esperava dele. Todo o seu arco das HQs, suas devoções, foram muito bem adaptados. Seus diálogos, os momentos solos. Tudo. É um vilão para ninguém colocar defeito.

E embora, tenha me decepcionado um pouco o desenvolvimento e o espaço de tela que teve o personagem de Chris Evans (Capitão America) (já que o hype nele tava tão grande, mas nem foi isso tudo), eu entendi. A tela precisava dá espaço a outros, para conduzir essa história. E me satisfiz com todos os elementos, incluindo o final revoltante e massacrador. Até mesmo a cena pós-créditos vale os instantes de agonia a mais que você vai precisar ter. Então, se você ainda não viu 'Vingadores: Guerra Infinita', vá vê. O hype é verdadeiro e o filme é marcante, de todas as formas imagináveis. Mal posso descrever a angustia que vai ser esperar mais um ano pela conclusão.


8 comentários

  1. OOOI <3
    Eu to doida pra ver esse filme, mas tenho total certeza que não vou entender quase nenhuma das referências porque vi poucos filmes da marvel. Tô planejando fazer uma maratona deles, pra entender tudinho, mas nem sei por onde começar! Você poderia fazer um post com dicas da sequência de filmes, seria uma UTILIDADE PÚBLICA hahaha.

    https://umagarotanadaencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nat!
      Tem um post já aqui no blog mostrando a ordens do filme. Eu não poderia separar os mais importantes. Todos tem sua função para chegar especificamente nesse. Mas se caso quiser adiantar um pouco, comece vendo os 2 filmes dos Vingadores, embora o recomendado seja vê todos. Busque aqui no blog que já tem. Basta pesquisar Vingadores ^^

      Abraços
      David
      https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

      Excluir
  2. Olá, David.
    Eu imagino sua emoção. Acompanhei as postagens sobre o assunto aqui no seu blog e vi o quanto você estava ansioso pelo filme. Ainda bem que alcançou suas expectativas. Já peguei alguns spoilers do filme, mas estou bem ansiosa para assistir.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Foi tudo que eu queria e um pouco mais *-* Preciso rever! MUITO!
      Que triste que pegou spolers, mas eu desconfiava que quem não fosse logo nos primeiros dias correria esse risco. Com o final que teve.

      Abraços
      David
      https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

      Excluir
  3. Oi David!
    Eu estou MEGA ANSIOSA para assistir!
    Mas só vou amanhã, então estou fugindo dos spoilers ainda, rs.
    Apenas sinto que meu coração irá sofrer, rs.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale!
      Olha, queria nem desanimar não, mas vai mesmo. Você vai sofrer um bocado. Meus pêsames KKKK.

      Abraços
      David
      https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

      Excluir
  4. Migo, tu já sabe minha opinião né? Pois é...
    Eu acho que o Cap vai ter mais espaço no próximo filme #oremos
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      Eu também acho, mas esperemos.

      Abraços
      David
      https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

      Excluir

Expresse-se