Coluna: Top Top #16!



Se você não reparou, essa semana o blog está apoiando o amor nas suas mais variadas formas. Pois é, não é segredo para ninguém que dois dos membros do nosso cantinho pertencem a esse movimento (nossos amigos Anderson e Glauber) e essa é meio que uma forma de apoiarmos e estarmos ao lado dele e de outras pessoas, que assim como qualquer outra, luta pelo respeito e pelo direito de amar.

Por isso, ao longo dos próximos dias, teremos diversos posts especiais. A semana do Orgulho LGBTq+ o blog quer dar um destaque maior ao movimento e atribuir mais voz a esse público que esta conosco. Portanto no Top Top de hoje eu resolvi separar os romances do gênero que mais indico e que mais gostei, tanto por trabalhar melhor a temática, como pela construção dos personagens em si.

Geralmente não leio muito YAs que tragam personagens gays como protagonistas ou fale sobre a temática. Mas esporadicamente me deparo com alguns que parecem interessantes e tento conhecer.

Pelo fato de estar mais lendo fantasia e sagas literárias, meu conhecimento na área não é tão vasto, mas já li alguns títulos que julgo serem excelentes exemplos para se começar com o pé direito sobre o assunto. Separei três  obras para vocês.


DOIS GAROTOS SE BEIJANDO - DAVID LEVITHAN

SINOPSE: Baseado em fatos reais e em parte narrado por uma geração que morreu em decorrência da Aids, o livro segue os passos de Harry e Craig, dois jovens de 17 anos que estão prestes a participar de um desafio: 32 horas se beijando para figurar no Livro dos Recordes. Enquanto tentam cumprir sua meta — e quebrar alguns tabus —, os dois chamam a atenção de outros jovens que também precisam lidar com questões universais como amor, identidade e a sensação de pertencer.

COMENTÁRIO: Acho que quando eu preciso falar sobre livros LGBTq não tem outro que me venha a mente com tanta facilidade do que este. Eu considero a obra prima do David Levithan, que é um autor que gosto muito. Ele narra muitas situações com vários protagonistas gays e eu gostei de enxergar uma maior variedade de acontecimentos que essas pessoas passam em sua vida. Acho a estrutura de cada um dos personagens muito bem planejada e as metáforas do autor são lindas e poéticas. Sério, é o primeiro da minha lista de favoritos.



GEORGE - ALEX GINO
SINOPSE: Seja quem você é. Quando as pessoas olham para George, acham que veem um menino. Mas ela sabe que não é um menino. Sabe que é menina. George acha que terá que guardar esse segredo para sempre: ser uma menina presa em um corpo de menino. Até que sua professora anuncia que a turma irá encenar “A teia de Charlotte”, e George quer muito ser Charlotte, a aranha e protagonista da peça. Mas a professora diz que ela nem pode tentar o papel porque... é um menino. Com a ajuda de Kelly, sua melhor amiga, George elabora um plano. E depois que executá-lo todos saberão que ela pode ser Charlotte — e entenderão quem ela é de verdade também.

COMENTÁRIO: Esse não é o melhor, na realidade. A escrita dele é bem simples, mas singela. Por ser tratar de um livro infantil, ele tem muita da linguagem e do cuidado do autor ao descrever um personagem trans para os jovens leitores. Foi o primeiro e único que li com essa temática e gostei particularmente da maneira tão humana e gentil com que o autor trabalha até os temas mais complicados e pesados. 




TODO DIA - DAVID LEVITHAN
SINOPSE: Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrarem a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.

COMENTÁRIO: Esse é mais um livro onde o personagem não é propriamente gay. Na realidade ele/ela é gênero fluído. todo dia é uma pessoa diferente, ora menino, ora menina, e embora seu gosto pessoal tenha sido confirmado como gostar de garotas, não deixa de ser interessante vê o autor brincar e quebrar os mais incontáveis paradigmas. Foi o primeiro livro oficialmente do autor que li e que bela entrada em suas obras. Esse livro é lindo do começo ao fim. Um dos meus favoritos da vida e recomendo demais.

Como disse, não sou a pessoa mais experiente no gênero. Fora esses li alguns outros, mas não são tão bons e não considero os indicar na minha lista. De toda forma, fica o link para o meu SKOOB caso queiram procurar outras obras na minha estante.

Mas me conta você, qual seu livro com essa temática favorito? Já leu algum dos que eu falei? Tem vontade de ler?


7 comentários

  1. Olá, David.
    Dos livros citados eu só li Todo Dia e amei. Ele representa muito bom o amar o que a pessoa é por dentro, até porque cada dia o personagem tem um corpo diferente. E me interesso muito por George.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil!
      Eu recomendo demais <3 Se tiver oportunidade, leia George.

      Abraços
      David

      Excluir
  2. Oi David! Li todos. Amo Dois Garotos e Todo Dia, foram livros que me deixaram muito comovida e levaram à várias reflexões. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida!
      Pois é. É impossivel ler esses livros e sair como entrou. Você tem que levar alguma coisa dele.

      Abraços
      David

      Excluir
  3. Oi, David!
    Desses, só vou ler Todo Dia e isso por conta do nosso trato hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      Eu realmente espero que tu goste. Nunca torci tanto pra que alguem curtisse um livro como eu to torcendo para que tu goste desse KKKK. Espero mesmo.

      Abraços
      David

      Excluir
  4. Hey David! Tudo bom?
    Não conhecia nenhum dos livros mencionados, mas é bom eu dar uma olhada já que possui uma temática tão abordada hoje em dia né.
    Espero que dê uma passadinha no meu cantinho também!
    Um abraço,
    ~ miiistoquente

    ResponderExcluir

Expresse-se