Cinema #51 - Homem Formiga e Vespa!






Título: Homem Formiga e Vespa
Gênero: Fantasia
Direção: Peyton Reed
Elenco: Abby Ryder Fortson, David Dastmalchian, Evangeline Lilly, Gail Gamble, Hannah John-Kamen, Joshua Mikel, Judy Greer, Laurence Fishburne, Madeleine McGraw, Marcella Bragio, Michael Douglas, Michael Peña, Michelle Pfeiffer, Paul Rudd, Perla Middleton, Randall Park, Rob Archer, T.I., Vanessa Ross, Walton Goggins
Roteiro: Andrew Barrer, Chris McKenna, Erik Sommers, Gabriel Ferrari, Jack Kirby, Larry Lieber, Paul Rudd, Stan Lee
Produção: Kevin Feige, Lars P. Winther, Mitchell Bell
Duração: 118 min.
EstúdioMarvel Studios
 Sinopse: Após os eventos de Capitão América: Guerra Civil, Scott Lang (Rudd) lida com as consequências como pai e super-herói. Enquanto ele sofre para equilibrar sua vida doméstica com suas responsabilidades como Homem-Formiga, ele é confrontado por Hope van Dyne (Lilly) e Dr. Hank Pym (Michael Douglas) com uma nova e urgente missão. Scott precisará vestir novamente o seu uniforme e lutar ao lado da Vespa para desvendar segredos do passado.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************



Depois de uma dose desenfreada de emoções à flor da pele, o universo Marvel retorna trazendo algo mais leve. 'Homem Formiga e Vespa' é o típico programa para toda a família, com direito a muitas piadas bem contadas e cenas de ação atrapalhadas que divertem cada minuto do telespectador.

O filme se passa exatamente dois anos depois dos eventos de 'Capitão América: Guerra Civil'. Na trama, Scott (Paul Rudd) esta tentando lidar com sua vida de prisioneiro domiciliar após ter se envolvido na luta dos super heróis. Acontece que sua última viagem ao reino quântico, acabou deixando marcas e ele pode ter trazido pistas em sua mente que revelam a localização da Vespa original (Michelle Pfeiffer), esposa de seu antigo companheiro Henry Pym (Michael Douglas) agora um fugitivo federal junto com sua filha. Para chegar a esse lugar eles vão precisar unir forças e criar uma máquina capaz de viajar por esse microverso, mas uma enigmática mulher esta atrás dele, trazendo outra motivações que irão gerar mais e mais intrigas.


É muito seguro dizer que mesmo se tratando de um filme Marvel, compartilhado com o já expansivo universo dos 'Vingadores', 'Homem Formiga e Vespa' é um longa muito individual e seus acontecimentos são totalmente à parte de tudo o que vimos de interligado com participação de outros personagens e tudo mais. Tanta a trama quanto seus próprios protagonistas são hilários e viciantes. Você se pega gostando do filme nos primeiros 5 minutos de tela. A vibe, na realidade, é muito relação familiar, bem base Disney mesmo; aquelas comédias impagáveis que a gente se acaba de rir. E não leve isso como ponto ruim. Como disse, esse filme foi ótimo para aliviar um pouco todo o sufoco e carga mais densa do longa anterior. Com um ar bem mais comédia inofensiva, eu amei cada minuto que passei gargalhando no cinema.


Destaques de interpretação para Abby Ryder que interpreta a filha de Scott, Cassie. Sua participação no primeiro filme do herói é bem pequena, mas nesse ela teve todo um arco maior e suas cenas são as mais carinhosas, emotivas e amorzinhos da trama. Sem falar de sua presença marcante e hilária nas piadas.


Mas não posso esquecer também de Paul Rudd (Homem Formiga) e de Evangeline Lilly (Hope Van Dyne/ Vespa) que tiveram uma química inegável e muito viciante. O casal trabalha perfeito e nas cenas de luta, são de arrepiar. Ambos parecem muito confortáveis em seus papéis e passam uma segurança imensa para nós, que estamos assistindo.

 

A vilã, Fantasma (Hannah John-Kamen) é muito humanizada e eu arrisco a dizer que vilã seria até um termo pesado para ela. Estamos mais falando de um anti heroína. De qualquer forma, Marvel parece ter pegado a mão para criar antagonistas com substância e profundidade. Desde 'Pantera Negra' que as coisas mudaram para mim. E esse é mais um ponto positivo. Gostei muito do papel da atriz e  gostei mais ainda da personagem. Ela é muito genuína, humana e seus motivos são crus, justificáveis dentro de um contexto.


Na realidade, o cast em si trabalha junto com muita facilidade e química. Até mesmo Michael Peña (Luis) interage com maravilhosa desenvoltura, mesmo estando alterando seus diálogos com diversos personagens. Ele é sem dúvidas a figura mais cômica do filme inteiro.

Os efeitos especias também estão brilhantes e surpreendem mais a cada novo combate. Desde o primeiro filme que eu exalto essa característica nos filmes desse herói em particular. E eles se superaram novamente.

Se tivesse que escolher um ponto negativo talvez fosse o grande número de sequências de ação em si. Acho que o filme podia ser mais curto já que o intuito é só diversão. Mas nada vai prejudicar o quão impagável são as piadas. Vale cada centavo arriscar em 'Homem Formiga e Vespa'. E não saía da sala até as cenas pós créditos, porque é justamente nelas que estão a maior carga pesada e o gancho para o quarto e último filme dos 'Vingadores'.


6 comentários

  1. Quero muito assistir. E dizem que ele nos traz muitas respostas dos Vingadores.
    Quero conferir.

    Tenha uma ótima noite!

    Abraços,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty!
      Então, tem sim uma resposta aos Vingadores, no caso de saber onde estava o Homem Formiga e talz, mas não espere grandes revelações ok. Você vai sair de lá e com mais dúvidas KKK. E mais ansiosa pelo próximo Vingadores.

      Abraços
      David

      Excluir
  2. Oi, David! Tudo bom?
    AMO quando eles não deixam o vilão esteriotipado. Desde o Killmonger o MCU tem batido bastante nessa tecla de 'olha, dá pra empatizar'. Gosto muito disso. Deixa a dinâmica da história muito mais interessante.
    Eu tô LOUCA pra assistir esse filme, tô só esperando me recuperar de uma cirurgia UHASUHASUHASUHASUHUHAS ~me desviando dos spoilers como se não houvesse amanhã.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi De!
      Pois é. Toma cuidado, porque é o que não falta atualmente pelas redes. Mas sim, eu não acho que esse filme tenha na realidade um vilão. Ele tem pessoas que querem a mesma coisa para diferentes propositos. Eu gostei bastante da construção da Fantasma, mas não simpatizei muito com a atriz. Achei ela meio aguada KKK.

      Abraços
      David

      Excluir
  3. Sem dúvida, o melhor personagem de toda a história, depois de Hope, foi Luis. Michael Peña é um ótimo ator cômico. Ele faz excelentes dublagens. O que ele fez em Lego Ninja Go pareceu-me excelente. É um filme encantador desde o inicio, a historia e sobre todos os personagens são adoráveis. Sem dúvida é um dos mehores filmes animação 2017. O ritmo da historia é ameno e a mensagem que tem o filme é muito fofa, definitivamente recomendado. A história é muito divertida e original, pelo mesmo, tanto crianças como adultos podem desfrutar dele. Foi uma grande surpresa de animação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!
      Legal! Ainda não vi essa animação, mas já vou marcar aqui para dá uma olhada. Gosto dos games da Lego, apesar de não ter curtido muito Lego Batman e Lego Movie quando assisti. Mas vou procurar saber mais.
      E sim, sem Luis esse filme não seria nada KKK. Ele é o melhor.

      Abraços
      David

      Excluir

Expresse-se