Coluna: Invasão Otaku #44!



Depois de alguns anos sumido, eis que eles retornam em mais uma temporada. E tratando-se de um anime que me marcou tanto, como não indicar para que vocês fiquem em dia e acompanhem a nova aventura? Em novembro, aproveitando o clima de última coluna do ano, a pedida para o fim de semana é 'Sword Art Online', ou mais conhecido como 'SAO'.

'Sword Art Online' é uma série de light novel escrita por Reki Kawahara. O enredo da série ocorre em um futuro próximo e se concentra em vários mundos de realidade virtual de MMORPG.

A série é publicada pela editora ASCII Media Works desde 10 de abril de 2009, tendo um spin-off lançada em outubro de 2012. No Brasil, duas adaptações em mangá foram licenciadas e publicadas pela editora Panini Comics. O anime é produzida pela A-1 Pictures e foi exibido no Japão entre julho e dezembro de 2012, com um episódio extra chamado Extra Edition, exibido em 31 de dezembro de 2013. A segunda temporada intitulada 'Sword Art Online IIexibida' chegou as TVs entre julho e dezembro de 2014.

O anime fez tanto sucesso, que chegou as plataformas de game. Quatro jogos eletrônicos baseados na série foram lançadas para PlayStation Portable, PlayStation Vita, PlayStation 3 e PlayStation 4. Um filme animado intitulado 'Sword Art Online The Movie: Ordinal Scale' com uma história original escrita por Kawahara estreou no Japão e no Sudeste Asiático em 18 de fevereiro de 2017.

Em sua trama, estamos no dia 6 de novembro de 2022, onde 10.000 jogadores entraram pela primeira vez no game de realidade aumentada, chamado SAO e, depois, descobriram que são incapazes de sair. Kayaba,  o criador, aparece e diz aos jogadores que eles devem vencer todos os 100 andares de Aincrad, um castelo de aço que é o cenário de SAO, se quiserem sair do jogo. Uma vez morto no game, a morte acerta o jogador na vida real. Em meio ao caos pela sobrevivência, conhecemos Kirigaya "Kirito" Kazuto, um dos mil jogadores da fase fechada beta. Como já conhecia o jogo, ele sentiu que poderia finalizá-lo facilmente. Dessa forma, decidiu vencê-lo sozinho. Após dois anos, preso nesse mundo, Kirito senti a dureza de lutar constantemente cada vez mais presente. Seu caminho acaba cruzando com Asuna, uma menina forte e destemida, com quem se junta para tentar chegar a saída. Mas não será tarefa fácil escapar. 

Tratando-se de qualidade, de fato, esse nunca foi o melhor anime. 'Sword Art Online' na verdade apareceu de forma despretensiosa em um período que a escassez de animes de ação estava bem desfalcada fora o grande sucesso de 'Naruto Shippuuden'. O que o diferenciava era a temática inusitada e os personagens bem desenhados. O visual do anime é lindo, um dos mais bonitos que já acompanhei, e a computação é perfeita, tanto que as batalhas são eletrizantes, não só pelas cenas cheias de adrenalina, como pelas trilhas sonoras. Mas 'SAO' também abordava romance entre os protagonista, concretizando o casal antes do esperado e isso me surpreendeu, porque tornava tudo tão mais real, tão mais palpável que os outros. Fiquei viciado desde o primeiro momento. Gostei não só da maneira de lidar com problemas que os personagens usavam, sempre utilizando mais o raciocínio e estratégia do que a força, como também pela boa apresentação e resolução do enredo, fugindo um pouco aos clichês.


A maneira que Kirito e Asuna se relaciona é interessante e cativa você. Em nenhum momento o romance parece forçado. Eles vivem situações de extrema e acabam se apaixonando em meio a tanto desespero e incerteza. O romance, na realidade, é um ponto magnificamente bem trabalhado. Mas a relação deles com outros coadjuvantes também é bem desenvolvida. Até mesmo os que agem mais como alívio cômico. Por estar quase sempre centrado na sobrevivência desses personagens, a trama é um pouco pesada, então as piadas e situações embaraçosas do casal acabam aliviando um pouco a carga dramática, sem desmerecê-la.

O anime já conta essencialmente com 4 grandes arcos do mangá ao qual foi originalizado, separados em 3 temporadas. A primeira, intitulada 'Aincrad', correspondente aos episódios 01 ao 14. Em resumo é fase onde narram a história original, onde Kirito e Asuna estão presos nesse jogo lutando por sua sobrevivência.


'Fairy Dance' é o segundo arco da 1ª temporada de SAO e correspondente aos episódios 15 ao 25. Dessa vez, Kirito escapa do game, mas Asuna acaba sendo mantida presa, sem conseguir retornar ao mundo real. Agora, Kirito precisa novamente lutar, dessa vez para salvar sua amada.


'Phantom Bullet' é o primeiro arco da 2ª temporada e correspondente aos episódios 26 a 39, mais um episódio especial. Já fora do game, tentando lidar com tudo o que passaram, Kirito e Asuna se juntam em uma investigação perigosa sobre assassinato dentro de um novo jogo chamado Gun Gale, onde um antigo sobrevivente do SAO, denominado Death Gun começa a matar os jogadores dentro e fora do jogo.


'Excalibur' é o segundo arco, e é o mais curto da 2ª temporada e corresponde aos episódios 40 a 42. Esse é quase um especial. Os protagonista unem-se aos seus aliados para tentar conquistar um jogo particularmente misterioso e cheio de revelações.


'Mother's Rosario' é o terceiro e último arco da 2ª temporada e correspondente aos episódios 43 a 49. Esse arco é extremamente focado em Asuna e na sua relação e traumas depois do SAO. Veremos não só novidades sobre a personagem, como também um aprofundamento bem maior da sua relação com Kirito, em missões de dupla, como nos velhos tempos. Esse arco também e curtinho e bastante emotivo.


Por fim, mais recentemente estreou a terceira temporada do anime, tendo já seu primeiro arco em exibição. Chamado de 'Alicizartion', vemos Kirito preso novamente, dessa vez, em uma realidade mais brutal e muito mais complicada de escapar. Por estar ainda sendo exibido, a pouco a se falar, então, aguardem, breve conto para vocês em outra coluna. Por hora, a qualidade do roteiro e o visual continuam tão lindos quantos os primeiros.


Em suma, totalizando duas temporadas, com 49 episódios, e uma terceira em exibição, para os amantes de jogos de RPG, animes de ação e leitores dos livros da Marie Lu, esse é sem dúvidas, um anime imperdível, não só pela diversidade dos personagens, mas pelo roteiro diferente e brutal que não alivia o drama ou as perdas.

Confira algumas imagens:








E ai, já assistiu? Curtiu? Comenta com a gente.


8 comentários

  1. Oi, David!
    Migo, eu até tenho vontade de ver esse anime; a história me chama atenção, mas eu já assisto tanta coisa que tenho de arranjar um clone para assistir tudo o que quero hahahha
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK QUERIA nem vou mentir!
      Mas esse dá pra tu vê de boas. Ele é curtinho que só. Numa sentada a pessoa assisti tudo. Pelo menos da primeira temporada que é maravilhosa.

      Abraços
      David

      Excluir
  2. Oi David! Vou colocar este anime na minha lista, acabei Violet Evergarden estes dias e agora vou conhecer Fate. Anoto sempre suas dicas, afinal animes bons a gente tem que conferir. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cida!
      AAAAAAA EU FICO FELIZ PRA CARAMBA MOÇA QUE VOCÊ CURTE AS INDICAÇÕES <3 Espero que veja todas e pode me chamar nas redes se quiser comentar <3 To por la sempre. Vou adorar debater contigo.

      Abraços
      David

      Excluir
  3. Oi David! Me lembro perfeitamente da febre de SAO e assisti ao primeiro arco e gostei bastante, mas depois eu acho que eles estragaram a Asuna de um jeito que não consegui mais ver, quem sabe um dia eu volto a assistir rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      SIM! Os arcos seguintes não são tão legais quanto o primeiro. Tinha tudo de bom no SAO original, na medida certa. Depois eu achei que começou a ficar repetitivo. A nova temporada mesmo e boa, mas nunca se compara a primeira, mais original. É sempre a mesma ideia de ficar preso em algum jogo.

      Abraços
      David

      Excluir
  4. Oi, David! Tudo bom?
    Cheguei e boiei em relação a esse anime, pela primeira vez ASUHAUHSUHASUHAS não conhecia e acho que nunca ouvi falar? Mas a história parece bem legal. Uma pena que ultimamente eu mal tenha tempo de assistir as séries da minha grade, senão me arriscava em assistir!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nizz!
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK se você boiou, então você entendeu bem KKKKKKKKKKKKKKKKK se é que isso faz sentido. Mas é confuso mesmo. Só assistindo pra poder pegar o negocio KKK. E eu entendo perfeitamente. Nem fala em grade atrasada que eu ja choro.

      Abraços
      David

      Excluir

Expresse-se