Cinema #67 - Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível!





Título: Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível
Gênero: Animação
Direção: Marc Forster
Elenco: Adrian Scarborough, Bern Collaco, Brad Garrett, Bronte Carmichael, Chris O'Dowd, Evie Wray, Ewan McGregor, Gintare Beinoraviciute, Hayley Atwell, Jim Cummings, Katy Carmichael, Mark Gatiss, Nick Mohammed, Oliver Ford Davies, Paul Chahidi, Peter Capaldi, Roger Ashton-Griffiths, Shola Adewusi, Sophie Okonedo, Toby Jones, Tristan Sturrock
Roteiro: A.A. Milne, Alex Ross Perry, Allison Schroeder, Tom McCarthy
Produção:  Brigham Taylor, Steve Gaub
Duração: 104 min.
Estúdio: Walt Disney Pictures
 Sinopse: Agora um homem de negócios, Christopher Robin deixou de ser o garoto que adorava se aventurar ao lado de Ursinho Pooh. Seus amigos de infância fazem de tudo para lembra-lo que ainda existe aquele divertido garoto dentro dele.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************

É sempre você e eu. E juntos ficaremos, com tempo bom ou ruim, estaremos sempre juntos."

'Christopher Robin' é uma viagem linda e encantadora à nossa infância com a adição de novas lições de vida. É engraçado como todo conteúdo infantil da Disney nos trás grandes lições de vida para nós adultos.


'Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível' é um banho de nostalgia, mas com um grande toque de evolução e amadurecimento. Já no início o filme nos quebra nos transportando ao universo da animação onde víamos capítulos de livro nos contando a história do garoto. Eu sinto que a produção teve aqui todo um cuidado para não tirar a sensação que sentíamos naquela época. E como eu disse anteriormente, logo em seguida, vemos a evolução do garoto imaginativo em um homem de família que têm preocupações maiores do que tolices da infância.

O interessante é a mensagem que o filme traz que nós adultos ficamos tão preocupados em preparar o nosso futuro, que acabamos deixando de aproveitar os bons momentos da vida e as coisas que realmente importam.

Do fundo de meu coração, se tivermos que partir, nunca ficaremos longe um do outro.”

O roteiro é muito bem construído trazendo todo o contexto ao qual já estávamos acostumado da animação, porém acrescentando uma nova camada e mostrando um protagonista agora não mais como uma criança sonhadora, mas sim como um adulto que passou por grandes batalhas em sua vida.


Apesar de a princípio o visual mais realista dos personagens animados parecerem um tanto estranho (it malia), no decorrer do filme você vai se acostumando à eles. E para mim, a história em si compensou muito esse visual diferente.


Em questão de desenvolvimento de personagens, eu sinto que faltou desenvolver melhor tanto a esposa quanto a filha do Christopher Robin (Ewan McGregor), elas parecem personagens bem interessantes que acabaram sendo subaproveitadas.

Fazer nada geralmente nos leva aos melhores ‘algos’.”

A fotografia está bonita, um tanto quanto opaca, sem grandes cores fortes, assim como a trilha sonora, instrumentalizada e muito suave.

Para mim foi uma grande satisfação revisitar o universo do Ursinho Pooh mais uma vez e relembrar a minha infância. Se essa era a intenção da dona Disney, ela acertou em cheio com 'Christopher Robin Um Reencontro Inesquecível'.


6 comentários

  1. Oi Anderson! Foi bem nostálgico. Eu cresci acompanhando as aventuraa deste ursinho e o reencontro não foi apenas no filme, foi na vida real pra mim. Eu gostei muito. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  2. Oi, Anderson! Tudo bom?
    Ao mesmo tempo em que eu tô bem curiosa pra assistir esse filme, não tenho coragem porque SEI que vou chorar igual um bebê :v
    Tô muito manteiga derretida nos últimos tempos e só o trailer já me deixou soluçando UHASUHASUHASUHASUHASUHASUH preciso reunir coragem pra conferir.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Eu li uma teoria da conspiração sobre o Ursinho Pooh e isso fez a minha infância toda desmoronar, mas tudo bem (só choro na hora que penso). É a primeira resenha que eu leio sobre esse filme e tenho certeza que deve valer muuuito a pena. Quando vi o trailer pela primeira vez eu estranhei bastante o jeito dos ursinhos, mas ainda bem que no filme nos acostumamos.
    Beijos
    http://our-constellations.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Anderson

    Eu cresci vendo o desenho, então não tem como não bater aquela nostalgia, mas acho que não seria um filme que eu assistiria no cinema, sabe? Talvez quando chegar na TV à cabo ou na Netflix. Esses bichinhos são estranhos mesmo, parecem robôs mal feitos. hahahahhahaha

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Eu sou super apaixonada pela animação do Ursinho Pooh, cresci com os desenhos e comprando cadernos escolares e até mochilas do desenho HAHAHAHA então saber dessa adaptação para live action me deixou bem emocionada <3 Ainda não vi porque perdi no cinema çkjlçkad my bad. Espero que chegue logo na tv, porque tô ansiosa.

    beijos!
    renatavarelaescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Anderson! Infelizmente eu não consegui ver nos cinemas, mas quero conferir, parece bem bonito mesmo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Expresse-se