Coluna: Dorama do Mês #2!



Olá, pessoal! 

Estou de volta para o Dorama do Mês de março! E tinha pensado em comentar sobre outro drama, porém, durante parte do carnaval fui pego de surpresa com a novidade que uma artista coreana que amo muito tinha estreado como protagonista de drama em janeiro. Com isso, o meu feriado carnavalesco foi dominado por 'The Best Chicken', um drama coreano de doze episódios exibido na Coréia do Sule protagonizado pela atriz Kim So-hye e o ator Park Sun-ho.

Com um nome tão peculiar (algo que em português ficaria como “O melhor frango”), o dorama foca na saga de Park Choi-Go, personagem do Park Sun-ho, que larga seu emprego em uma grande empresa para tentar abrir um restaurante especializado em vender frango frito (comida bem comum na Coréia do Sul). Essa busca leva ele e seu irmão até uma sauna (outro estabelecimento comum e bastante usado na Coréia do Sul) gerenciada por Seo Bo-Ah, interpretada pela Kim So-hye. O imóvel em que a garota mantém a sauna pertence ao seu avô, porém, por não suportar ver a neta escondida em seu trabalho, depois de ter sofrido uma sabotagem na busca do seu sonho de ser artistas de webtoon, o homem decide alugar o prédio para Choi-go

Diante disso, Bo-ah se ver forçada a dividir o prédio com o restaurante de frango frito de Choi-go. Indignada com a situação, a jovem tem uma ideia maquiavélica de se tornar funcionária do restaurante para levá-lo a falência e fazer com que Choi-go desista do imóvel da sua família. No entanto, muita coisa acontece entre as tentativas da garota em destruir o estabelecimento, fazendo com que ela se afeiçoe ao sorriso imenso e inocente dele (e ele tem um sorriso tão lindo <3) e ele, por sua vez, acabe se envolvendo com o jeito mandão, briguento e fofo da 'Boah-shi' (ele chama a Boah assim <3). 


Mesmo parecendo um romance clichê, 'The Best Chicken' tem uma mensagem muito importante relacionada aos sonhos de cada pessoa, pois o fracasso é um fantasma que assola toda a juventude de nossa geração e precisamos lidar com essa possibilidade a todo o momento. Seo Bo-ah parece ser uma garota valente e obstinada em suas decisões, porém, quando se defrontou com a maldade do mundo, recolheu-se em um emprego comum e temeu tentar novamente, pois o fracasso é um golpe muito doloroso no ego dos sonhadores. No caso de Choi-go, um rapaz ingênuo e sonhador, ele decide apostar alto em seu sonho, pois buscar a real felicidade muitas vezes passa por caminhos não muito seguros e precisamos ter fé nos nossos sonhos e capacidades para lutar todos os dias pelo nosso bem. O drama traz para o telespectador as duas faces da moeda, pois existem pessoas cansadas de lutar e existem pessoas com o coração cheio de coragem para encarar essa batalha. 

Entretanto,'The Best Chicken' não se prende a Bo-ah e Choi-go, pois ainda conta com a história de vida de Andrew Kang (amo a pronúncia do nome dele em coreano, fica algo parecido com “endüro ken”), um misterioso morador de rua com muito talento para cozinha, mas com uma limitação que lhe proíbe de seguir seu sonho. O foco em Andrew está relacionado ao fato de chegar ao “fundo do poço” e não ter mais forças para subir, pois o rapaz, mesmo sendo jovem, perde a fé em si e vai morar nas ruas sem ter nenhuma vontade de lutar pelo seu real desejo. Felizmente, seu caminho cruza com Choi-go e Bo-ah fazendo com algo mude dentro dele.



Diante disso, o dorama traz fortes lições sobre as lutas da vida adulta, pois para alcançar o sonho é possível encontrar pessoas maldosas, dificuldades financeiras, dificuldades físicas e psicológicas (pois esses fatores são importantes para a concretização de alguns sonhos), no entanto, o importante é não desistir nunca e se rodear das pessoas que te impulsionam. Além de toda essa carga dramática, temos algumas cenas leves e engraçadas, sem a parte pesada do dorama do mês passado (lembram do psicopata misógino?), em que você se sente envolvido pela cumplicidade dos amigos de Boah em tentar ajudá-la e em como eles conseguem bagunçar os planos mirabolantes. 

A recepção do drama na Coréia do Sul não foi algo espetacular, conseguindo ser um dos assuntos mais comentados no Naver (o Google coreano) no dia da exibição do seu primeiro episódio, porém, a sua audiência não foi tão prodigiosa como 'Strong Girl Bong-Soon'.

Infelizmente não consegui achar críticas traduzidas do coreano, mas acredito que a narrativa foi bem construída, tirando, claro, o fato de colocar um restaurante de frango frito como pano de fundo, o que me causou estranhamento (talvez por causa das influências culturais). Todos os episódios buscam trazer intertextualidade com obras literárias e conceitos sociais populares, inclusive tem um episódio em que “O Pequeno Príncipe” e a passagem da raposa é bastante citada, porém, com uma tradução distinta do termo “cativar” para o coreano (fiquei impressionado como conceitos podem mudar de acordo com a língua-cultura). 

'The Best Chicken' não tem disponível no Netflix (choremos), porém, está presente em outras plataformas. Procurem um pouco e deem uma chance, que garanto que esse dorama vale a pena, trazendo ótimas reflexões sobre a vida adulta e nossos fracassos. Considero esse debate bastante importante para o contexto social atual, tanto coreano quanto brasileiro, pois a saúde psicológica das pessoas é um assunto sério muitas vezes deixado de lado por culpa de preconceitos do senso comum, em que pessoas nesse estado são postas como “dramáticas”. 


MOMENTO K-POP
Vocês acharam que iria acabar por aqui hoje? 

Depois de fazer a postagem anterior, pensei em fornecer informações extras aos leitores da coluna, pois muito dos dramas que assisto estão ligados a algum idol (artista do K-pop) e quando pensei em falar sobre 'The Best Chicken', pensei em falar da Kim So-hye que é uma artista muito carismática e mora no meu coração. Com isso, eu pensei em criar uma subseção em meio as postagens em que traria informações sobre os idols participantes do drama, para quem tiver um pouco de interesse em conhecer um pouco mais sobre a Coréia do Sul e a sua cultura (caso não tenham interesse, podem pular essa parte – não vou guardar ressentimento <3). 

No caso de 'The Best Chicken', descobri que tem dois idols atuando: a Kim So-hye, ex-integrante do girl group I.O.I formado no programa Produce 101, e o Yang Hong-seok, membro do boy group Pentagon da Cube Entertainement. Entretanto, em pesquisas recentes descobri que o Park Sun-ho lançou um MV (Music Video ou videoclip, para quem é da época da MTV) de uma canção, intitulada “Still”, no mês de fevereiro e tem algumas canções gravadas. Em pesquisas mais avançadas, achei vídeos dele dançando e cantando outras canções, porém, o lançamento do MV me faz acreditar que ele está começando a investir em sua carreira como idol, por isso, trouxe o MV para você testemunharem esse sorriso.


O grupo do Hongseok, que faz um personagem coadjuvante depois da metade dos episódios do drama, ainda está na ativa e inclusive fizeram bastante sucesso ano passado com a música “Shine”. No entanto, depois da saída de um membro, ainda ano passado, por problemas com a empresa, o grupo se encontra com a imagem um pouco fragilizada, mas eles ainda estão bem unidos e a empresa parece não ter desistido (Graças a Deus!). 


O caso da Sohye é mais delicado, pois o grupo já foi desfeito desde janeiro de 2017, porém, era algo previsto pelos fãs, pois foi um reality de sobrevivência, chamado Produce 101, que formou o I.O.I e já tinha a data de desmonte marcado (caso tenham dúvidas, explico melhor em outro momento). No entanto, esse reality e esse grupo ofereceram à Sohye toda a fama que ela precisava, pois a sua personalidade meiga e dedicada conquistou o público e fez com ela ficasse em quinto lugar no programa. 

Podem estranhar o fato de cantores e dançarinos estarem atuando, porém, isso na Coréia do Sul é muito comum para movimentar o mercado dos idols, porque quanto mais conhecido se torna, mais conhecido se torna o grupo, por isso as empresas incentivam os seus artistas a atuarem. Entretanto, no caso da Sohye foi diferente, pois ela fez as audições para o programa achando que era algo relacionado à atuação, pois ela estava estudando para ser atriz, mas ao chegar ao local descobriu que se tratava de um programa para formar um grupo de idols (cantores e dançarinos). A garota no começo do programa foi um desastre imenso, porém, ela colocou na cabeça que iria conseguir debutar (esse termo é usado para substituir a ideia de “estrear”), começou a se empenhar e teve uma melhora admirável. 

Com isso, ela conseguiu integrar o I.O.I com mais dez garotas,e só no começo de 2017 o grupo deu disband (termo usado para substituir a ideia de “desfazer”) e cada garota seguiu para a sua empresa. Kim Sohye, por sua vez, voltou a investir em sua carreira da atriz, que era a sua prioridade desde o princípio. Ela conseguiu atuar em alguns web-dramas, mas 'The Best Chicken' é a sua estréia como protagonista em drama televisivo, não me decepcionando nenhum pouco, pois a Seo Boah possui uma personalidade bem distinta.

O I.O.I teve alguns sucessos em 2016, como “Very Very Very” e “Whatta man” (minha música preferida delas), porém, por motivos contratuais determinados na época do programa, o grupo chegou ao fim em janeiro de 2017 (lançando ainda uma música especial, “Downpuor”). Existe o mito de uma possível reunião das garotas em 2021.


Então, pessoal, por hoje é só! Eu espero que tenham gostado da minha indicação (e não permitam que ela tenha sido em vão e coloquem na listinha de séries, por favor) e aproveitem o espaço do comentário para dar dicas de doramas, perguntar coisas, comentar algo sobre a postagem... Fiquem a vontade! No próximo mês, estarei de volta com mais uma indicação e curiosidades sobre o mundo coreano (ou tailandês? Não sei!). Obrigado pela atenção de vocês! <3 

PS: Pessoal que comentou a postagem anterior, eu respondi todos os comentários antes de fazer essa postagem, então, podem comentar aqui também, que a gente mantém conversa. Abraços!


2 comentários

  1. Oi, David

    Eu nunca vi um Dorama na vida e K-pop eu só escuto quando passa algum clipe do BTS no TVZ! Hahahah
    Eu tenho nervoso de assistir pq acho todo mundo igual e fica me dando agonia, me julgue. Mas achei bacana a abordagem dos sonhos.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!

      Então... Eu descobri recentemente que muitas obras estadunidense é refilmagem de obras asiáticas e isso me deixou muito curioso com o outro lado do mundo, também. Eu acabei descobrindo que eles tem narrativas incríveis e que a cultura deles é muito rica (muita cheia de preconceito, também, porém, muito rica em costumes e tradições).
      Dá uma chance!
      Quem sabe você se encanta com a forma deles contarem história! :3

      Abraços!

      Excluir

Expresse-se