Coluna: Invasão Otaku #53!



Com um enredo bem diversificado e diferenciado, 'June Taisen: Zodiac War' é uma jornada tensa e gore, com muito drama e sangue.

'June Taisen: Zodiac War' é um romance japonês escrito por Nisio Isin e ilustrado por Hikaru Nakamura, tendo sido publicado pela revista Shueisha a partir de 19 de Maio de 2015, mas sua adaptação para anime só aconteceu em 3 de Outubro de 2017, produzido pela Graphinica, e em sua trama apresenta uma cidade de meio milhão de pessoas que foi totalmente esvaziada para que doze dos mais mortais guerreiros pudessem lutar em uma jogo de vida ou morte, tendo cada um deles um nomes e atributos que remetem aos animais do zodíaco chinês. 

Esse "torneio" realizado na cidade ocorre a cada doze anos e cada guerreiro é convidado a engolir uma das doze jóias venenosas, que matará cada um deles após doze horas. Para receber qualquer desejo de sua escolha e escapar da morte por envenenamento, os competidores precisam recuperar todas as jóias dos outros onze antes do prazo final, transformando tudo em um verdadeiro jogo de gato e rato.

Eu não tinha expectativas quando me arrisquei a conhecer no começo desse ano e confesso, fiquei surpreso. Embora não faça muito o estilo de animes que acompanho, esse em especial me chamou atenção pelo traço e pela temática. Em muitos momentos ele me soa bem semelhante a saga dos talismã do zodíaco do desenho 'Jack-Chan', mas de uma forma muito mais brutal. Além disso, é um anime que não desperdiça tempo com momentos dramáticos intermináveis. Enquanto um arco se desenvolve, outro mantém o fluxo de ação e violência. Definitivamente não é para crianças, e isso não deve ser tomado como algo ruim. A pegada adulta foi um fato que me agradou fortemente, principalmente porque seus personagens são interessantes e a incerteza do que poderia acontecer no momento seguinte me deixava tenso a cada instante. Além do mais, nenhum protagonista em questão chega a ser bom. Eles possuem motivações e ganhar a batalha e sair vivo é o que importa. Isso deixa tudo ainda mais intenso.

Sendo assim, devo assumir que apesar do final um tanto quanto decepcionante e do odioso "antagonista" que não queria morrer, 'June Taisen' é bem interessante e captura o telespectador com facilidade. Somando 1 temporada de 12 episódios, é uma escolha aproveitável para maratonar no fim de semana.

Confira algumas imagens:











E você, já assistiu? Quer assistir? Comenta com a gente.


8 comentários

  1. Oi, Emerson como vai? Muito interessante esse anime, eu desconhecia esse, mas já quero assistir, muito legal a premissa dele. Adorei a dica. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Emerson. Tudo bem?
    Confesso que não curto muito animes e quase nunca assisto coisas assim. Porém, curti sua indicação e achei a premissa bem legal.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Emerson,
    Não sou uma boa referência para opinar sobre animes, confesso que nunca terminei de ver nenhum, rs. Mas para meus amigos que gostam, vai ser uma ótima dica!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Hey Emerson! Tudo bem?
    Ultimamente tenho assistido alguns animes e gostado. Esse eu não conhecia, me parece ter um gráfico perfeito e uma história bem peculiar. Vou colocar na minha lista.
    Obrigada por comentar lá no blog.
    Volte sempre!

    | Blog Misto Quente |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thami!
      Espero que curta. Não é nada muito UOOO! Mas é bom. O legal é a premissa que é bem diferente e trabalha bastante da cultura japonesa em si.

      Abraços
      Emerson

      Excluir
  5. Oi Emerson, confesso que também não faz tanto assim meu estilo, mas curti o traço e a premissa é interessante tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi
    dos animes que já vi aqui esse não me interessou, pelo menos você curtiu apesar de o final não ter agradado muito, mas os traços dos desenhos são bonitos.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Emerson.
    De antagonista que não morre já basta o Michael Myers hehe. Ele é imortal. Me interessei porque achei a premissa interessante. E mesmo o final não sendo lá essas coisas talvez eu assista.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Expresse-se