Resenha #256 - Deixe a Neve Cair!






Título: Deixe a Neve Cair
AutoresJohn Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Editora: Rocco
Ano2013
Especificações: Brochura | 336 páginas
ISBN13: 9788579801754
 Sinopse
Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores bestsellers John Green , Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor, interligados, com direito a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.

************************************************************
AVALIAÇÃO PESSOAL
************************************************************


Engraçado, leve e perfeito para ler durante o natal, 'Deixe a Neve Cair' consegue manter uma narrativa fluída mesmo que não inove ou arrisque-se em tramas mais complexas.

A obra é uma antologia de contos natalinos separados em três grandes momentos. Cada conto possui a autoria de um escritor e isso deve ser considerado um dos pontos mais altos desse livro. Além de explorar temáticas variadas, ainda possibilita o leitor a conhecer a escrita de diferentes autores. E embora os casais não sejam tão envolventes, a leveza da trama faz com que você seja levado até a última página.


O EXPRESSO JUBILEU

O conto escrito por Maureen Johnson narra a pequena aventura de Jubileu. Na véspera de natal seus pais são presos e ela precisa sair de sua cidade para a casa de seus avós. Mas no meio do caminho seu trem acaba atolado na tempestade de neve, o que a leva a passar um tempo em uma Waffle House próxima do local. Lá, ela conhecerá Stuart, um garoto que esta tentando recolher os cacos de seu último relacionamento. E entre uma conversa e outra, algo novo pode surgir.

Esse foi definitivamente meu conto favorito o que me surpreendeu já que na primeira leitura não gostei tanto dele assim. Embora a escrita de Johnson não seja tão cativante nos primeiros capítulos, aos poucos os dramas de Jubileu foram me prendendo nas páginas, e confesso, essa é uma das histórias mais maduras nesse livro. Infelizmente o instalove não funciona muito. Embora eu tenha torcido pelo casal achei o primeiro beijo totalmente atropelado, e o desfecho também não me agrada. A autora descreve bem o drama, mas não caracteriza seus personagens, o que dificultou muito na hora de visualizar como eles poderiam ser.


O MILAGRE DA TORCIDA DE NATAL

Narrado por John Green, a trama segue três amigos (JP, Tobin e Duke) que estão fazendo uma maratona de filmes do 007 quando recebem a estranha ligação de uma amigo que trabalha na Waffle House dizendo que várias líderes de torcida invadiram o local. Daí em diante, eles partem para o lugar, enfrentando as pilhas de neve na rua e valentões improváveis.

Na primeira vez que me aventurei nessas páginas, esse foi o conto que mais gostei e contradizendo tudo, nessa releitura, foi a parte mais decepcionante da obra. Além de apresentar uma trama bem boba, que se salva puramente por causa do humor de seus personagens, alguns pontos são bem problemáticos: os personagens são estereotipados, as meninas sexualizadas e o casal sem química. No fim, foi só um passatempo tornando-se facilmente esquecível.


O SANTO PADROEIRO DOS PORCOS

O terceiro e último conto é escrito por Lauren Myracle e segue o padrão do de Johnson, sendo atualmente também um tanto problemático. Na trama conhecemos Addie, uma menina que esta enfrentando a dor de um relacionamento e lamentando totalmente ser a principal causa. Em plena véspera de natal ela se sente só, esquecida e muito triste. Mas esse rompimento talvez seja a possibilidade para mudar quem ela era, deixando a jovem egoísta e tornando-se mais adepta a ajudar as pessoas que estão ao seu redor.

Embora a ideia soe interessante e a personagem evolua muito ao longo do enredo, para mim, hoje em dia, e problemático ler algo onde a protagonista esta se desenvolvendo porque quer ficar com um cara novamente. Gosto da escrita de Myracle, do fato dela ter priorizado o crescimento de Addie, mas abomino a forma como tudo termina, como se todo o esforço fosse para reconquistar o garoto e nada mais. Mais uma vez me vi pouco envolvido pelo casal e em momento algum consegui sentir alguma química ou pelo menos um mero avanço nesse romance.

Sendo assim, se fosse para resumir 'Deixe a Neve Cair' em poucas palavras, eu diria que é uma obra mediana e não passa disso. Tem uma leveza que livros desse tipo possuem, mas peca nos casais e muitas vezes nas temáticas, que levantam questões problemáticas e nada positivas.


John Green cresceu em Orlando, Flórida, a uma pequena distância da Disney World. Se mudou para Ohio para cursar a universidade, onde estudou Inglês e Religião. Por vários meses antes se graduar, John trabalhou como capelão em um hospital infantil. Enquanto estava lá, teve a inspiração para escrever seu primeiro romance, Quem É Você, Alasca?, que se tornou um bestseller nos Estados Unidos e ganhou muitos prêmios literários, como o Michael L. Printz Award nos EUA e o Silver Inky Award na Austrália. O segundo romance de John, An Abundance of Katherines, foi publicado em 2006 e se tornou finalista do Los Angeles Times Book Prize e também nomeado livro de honra do Michael L. Printz.
No seu tempo livre, John é um grande fã do Campeonato Inglês de Futebol, mas ele não fala para que time torce, porque não quer alienar possíveis leitores.


Maureen Johnson sonhou em ser astronauta ou arqueóloga, mas preferiu ser escritora, profissão que permite ser ambas as coisas e muitas outras mais. Apesar do jeito de menina já publicou dez livros de sucesso. A revista Time inclui sua conta na lista das 140 pessoas a serem seguidas no Twitter.





Lauren Myracle é autora de muitos livros para adolescentes, incluindo a série Internet Girls, best-seller do New York Times. Ela mora com sua família em Fort Collins, Colorado.




2 comentários

  1. Oi, Emerson! Tudo bom?
    Eu tenho zero vontades de ler esse livro deeeeesde o lançamento. Teve muita hype, ai peguei preguiça. E depois nenhuma curiosidade surgiu. Ainda quero muito ver a adaptação, tho! Acho que vai funcionar melhor pra mim em forma de filme.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nizz!
      Ele é bem fraco se comparado a outros livros de romance. Infelizmente eu esperava mais de todos os contos assim como esperava mais do filme em si.

      Abraços
      Emerson

      Excluir

Expresse-se